Notícia

Campanha de sete dias - História

Campanha de sete dias - História

McClellan demorou uma eternidade para colocar seu exército em posição de atacar Richmond pelo sul. Quando ele estava pronto, Lee estava pronto para ele e infligiu casulatias altas o suficiente ao exército da União para forçar McClellan a hesitar e então se retirar


.

O Exército McClellan finalmente avançou em Richmond. Seu exército chegou a 15 milhas da cidade. Suas forças foram divididas entre os lados norte e sul do rio Chickahominy. Em 31 de maio, as forças confederadas sob o comando de Joseph Johnston atacaram as forças divididas da União, em Fair Oaks ou Seven Pines, como era conhecido. O plano era simples, mas a execução falhou totalmente. As forças confederadas atacaram aos poucos, em vez de em um grupo. O resultado foi que nenhum terreno significativo foi conquistado. 6.134 confederados foram mortos ou feridos, junto com 5.031 soldados da União. Uma baixa confederada foi mais importante do que as outras. Na noite de 31 de maio, o comandante confederado Joseph Johnston foi gravemente ferido. O general Robert E. Lee foi nomeado o novo comandante confederado.

Uma das primeiras ações do general Lee foi ordenar a James Ewell Brown Stuart que investigasse as posições sindicais. Stuart liderou seus 1.200 soldados de cavalaria, em um passeio de três dias em torno das linhas da União. Em sua viagem espetacular, Stuart circulou completamente as forças da União.

Lee sabia que precisava prosseguir antes que McClellan pudesse iniciar um cerco a Richmond. Em 26 de junho, Lee atacou em Mechanicsville, o flanco mais distante da linha Union. O impacto do ataque foi feito pelas forças de A.P. Hill. Foi uma luta desequilibrada. Os confederados sofreram 1.500 baixas, enquanto a União sofreu apenas 400. McClellan, no entanto, sentiu que com as forças confederadas avassaladoras, passíveis de ataque, ele deveria retirar as forças para uma posição mais defensável em Gaines Mill.

No dia seguinte, Lee atacou novamente. A batalha durou o dia todo. No final do dia, as forças confederadas conseguiram romper as linhas da União em Turkey Hill. Quando os resultados da batalha foram conhecidos, McClellan tomou a decisão de desistir de sua base de suprimentos na Casa Branca e transferi-la para o desembarque de Harrison. Ele deu ordens para todas as suas forças recuarem para o rio James. McClellan, embora suas perdas tivessem sido menores do que as perdas dos confederados até o momento, estava convencido de que havia perdido.

McClellan escreveu: "Se perdemos o dia, ainda preservamos nossa honra e ninguém precisa corar pelo Exército do Potomac. Perdi esta batalha porque minha força era muito pequena. Repito novamente que não sou responsável por isso e digo isso com a seriedade de um General que sente em seu coração a perda de cada homem valente que foi desnecessariamente sacrificado hoje. Ainda espero recuperar nossa fortuna, mas para fazer isso o Governo deve ver o assunto da mesma maneira luz sincera que eu faço, você deve enviar-me reforços muito grandes, e enviá-los de uma vez.

Devo recuar para este lado do Chickahominy e pensar que posso retirar todo o nosso material. Por favor, entenda que nesta batalha não perdemos nada além de homens e aqueles que temos de melhor.

Além do que já disse, gostaria apenas de dizer ao presidente que acho que ele se enganou ao me considerar mesquinho quando disse que minha força era muito fraca. Limitei-me a reiterar uma verdade que hoje foi provada com demasiada clareza. Eu deveria ter vencido esta batalha com (10.000) dez mil homens novos. Se neste instante eu pudesse dispor de (10.000) dez mil homens novos, poderia ganhar a vitória amanhã.

Eu sei que mais alguns milhares de homens teriam mudado esta batalha de uma derrota para uma vitória, pois é o Governo não deve e não pode me responsabilizar pelo resultado. "

McClellan tinha mais de 60.000 soldados que não foram engajados durante a batalha.

Enquanto o Exército do Potomac se retirava através da Península, Lee tentou destruí-lo - na Estação Savage em 29 de junho e em Glendale em 30 de junho. Lee fez um esforço final em Malvern Hill para destruir o exército da União. No entanto, a colina foi bem defendida e 5.590 confederados morreram ao tentar escalá-la. A União perdeu apenas um terço desse número. Assim, a campanha dos Sete Dias chegou ao fim. Os confederados que começaram com menos homens que a União, perderam mais homens na campanha. Ainda assim, quando a batalha começou, as forças da União ameaçaram Richmond. Quando a batalha terminou, o exército de Potomac de McClellan foi aprisionado em Harrison Landing.

Relato Confederado da BatalhaHanover Court House e Gaines's Mill
Ordem de LeeStuart's Ride Around McClellan
Relatório de Lee sobre a batalhaMalvern Hill
Conta de Jubal Early
Correspondência de McClellan
Fair Oaks de Davis
Ataque de Lee
Vitória de Lee
Ataques de Lee ao norte de Chickahominy

Exército de McClellan marchando em Richmond

Cold Harbor, Virgínia, arredores. Morto não enterrado no campo de batalha de Gaines 'Mill: Fotografado James Gibson em junho de 1862.

Fair Oaks, Va., Arredores. Tenente Robert Clarke, Capitão John C. Tidball, Tenente William N. Dennison e Capitão Alexander C.M. Pennington

Esta ilustração da Harpers Weekly 29 de julho de 1862 - a legenda: Batalha de Malvern Hill, Virgínia, 1º de julho de 1862 - Os rebeldes repelidos pela artilharia da União

Esta ilustração é do Harpers Weekly 21 de junho de 1862. A legenda diz: O Exército do Potomac - Brigada do general Davidson tomando posse de Mechanicsville, Perto de Richmond, Virgínia, 24 de maio de 1862. - esboçado pelo Sr. Mead. O inimigo na colina À distância. - de esboços de um oficial que estava presente.

Fair Oaks, Va. James B. Washington, um prisioneiro confederado, com o capitão George A. Custer da 5ª Cavalaria, EUA: James Gibson fotografado em 31 de maio de 1862

Esta ilustração é do Harpers Weekly 7 de junho de 1862. A legenda diz: Exército do General Mcclellan em marcha pela floresta, de Williamsburg em direção a Richmond.

Fair Oaks, Va. Prof. Thaddeus S. Lowe observando a batalha de seu balão "Intrépido"

Fair Oaks, Va., Arredores. Baterias C e G de Horatio G. Gibson: James Gibson fotografado em junho de 1862

Fair Oaks, Va., Arredores. Bateria M., 2ª Artilharia dos EUA, comandada pelo Capitão Henry Benson: Foto

Rio Chickahominy, Virgínia. Ponte Grapevine construída de 27 a 28 de maio de 1862 pela 5ª Infantaria de New Hampshire sob o comando do Coronel Edward E. Cross

Batalha de Charles City Road -Fair Oaks, Va., Arredores. General George Stoneman e equipe

Rio Chickahominy, Va. Cross

Esta ilustração da Harpers Weekly 19 de julho de 1862 - a legenda: O Exército do Potomac - enterrando os mortos e queimando cavalos mortos em Fair oaks Station, Virgínia - esboçada pelo Sr. A. R. Waud.

Esta ilustração é da Harpers Weekly 28 de junho de 1862. A legenda diz: O Exército do Potomac - ataque furioso dos rebeldes à bateria de Kirby na batalha de Fair Oaks. - esboçado pelo Sr. Mead

Fair Oaks, Va., Arredores. Bateria B do capitão Rufus D. Pettit, 1ª artilharia leve de Nova York, em Fort Richardson.

Hospital de campo - Savage Station, VA? [Savage Station, Va. Hospital de campo após a batalha de 27 de junho]. Gibson, James F., b. 1828 fotógrafo. Criado e publicado: 30 de junho de 1862. Fotografia do principal teatro de guerra oriental, a Campanha Peninsular, maio-agosto de 1862.

Fair Oaks, Va., Arredores. Bateria B de Pettit, 1ª artilharia leve de Nova York, em Fort Richardson.

Esta ilustração da Harpers Weekly 19 de julho de 1862 - a legenda: o Exército de Potomac - Baterias de Griffin e Martin despejando vasilha nas fileiras rebeldes em Gaines's Mills el Advance na Batalha de Gaines's Mills, 27 de junho de 1862

Esta ilustração é da Harpers Weekly 21 de junho de 1862. A legenda diz: O Exército do Potomac - início da Batalha de Hanover Court House, 13h45 - o inimigo na colina à distância. - de esboços de um oficial que estava presente

Fair Oaks, Va., Arredores. Oficiais de brigada da Artilharia Montada comandada pelo tenente-coronel William Hays

The Peninsula, Va. A 12-pdr. metralhadora capturada pela Brigada de Butterfield perto da Casa do Tribunal de Hanover, 27 de maio de 1862.

Harrison's Landing, Va. Grupo da Brigada Irlandesa: James Gibson fotografado em junho de 1862

Campanha de sete dias - História

As Batalhas dos Sete Dias, também conhecidas como Campanha dos Sete Dias, foram uma sequência de 6 batalhas, que aconteceram de 25 de junho a 1º de julho de 1862, ao longo da Península de Virgínia na Guerra Civil Americana. Aqui, o exército da Virgínia do Norte sob a liderança do General Robert E. Lee, tomou a ofensiva contra o Exército da União de Potomac sob a liderança do Major General George B. McClellan. Durante esta batalha, o exército de McClellan & # 8217s, que inicialmente consistia de 100.000 homens, acabou sofrendo quase 16.000 baixas, enquanto o exército de Lee & # 8217s teve mais de 20.000 baixas.

25 de junho

Isso marcou o início da batalha, na qual McClellan fez seu primeiro movimento. Seu plano inicial era colocar armas de cerco perto de Old Traven, mas ele teria que tomar Old Traven por um ataque físico. Ele queria que os confederados ao sul de Old Traven fossem eliminados antes que ele pudesse proteger seu flanco esquerdo. Para conseguir isso, ele despachou 2 grupos comandados pelos generais Philip Kearny e Joseph Hooker. Esses grupos marcharam para o oeste ao longo da Williamsburg Road de Seven Pines. Eles se depararam com a divisão do General Confederado Benjamin Huger & # 8217s perto de Oak Grove. Embora os dois grupos tenham feito progresso inicial, a divisão Huger & # 8217s fez uma resistência rígida e um ataque lateral que os interrompeu, deixando as linhas basicamente inalteradas no final do primeiro dia. O plano do General Lee e # 8217 era tornar McClellan passivo. Assim, após o primeiro ataque, ele executou seu plano pelo qual 25.000 confederados estariam ao sul de Chickahominy, enquanto 65.000 seriam colocados ao norte do rio para atacar Porter. Este primeiro ataque permitiu a McClellan ganhar 600 jardas a um custo de mais de 1000 baixas em ambos os lados.

26 de junho

O plano de Lee & # 8217s previa que o general confederado Jackson e seu exército marchassem para o leste do vale para atacar Porter na manhã de 26 de junho. McClellan recebeu a notícia da aproximação de Jackson & # 8217 e imediatamente ordenou que Hooker e Kearny cancelassem qualquer ataque a Old Traven. O resultado foi um dia calmo, já que McClellan não tinha mais como alvo Old Traven enquanto Lee esperava por Jackson. O plano de Lee & # 8217s dependia do encontro de Jackson & # 8217s com seu exército no rio Chickahominy e de transmitir uma mensagem a A.P. Hill, que foi seguido por 2 grupos de exército liderados por D. H. Hill e James Longstreet. A.P. Hill deveria cruzar o rio, marchar por Mechanicsville e atacar Porter. Infelizmente, Jackson atrasou-se, mas A.P. Hill e uma brigada da divisão D.H. Hill & # 8217s continuaram com o ataque. Na chegada de Jackson, McClellan ficou preocupado e sabia que sua linha era muito vulnerável. No entanto, McClellan ordenou que Porter permanecesse em Boatswain & # 8217s Swamp enquanto preparava uma mudança de base. Além disso, ele cancelou um ataque ao sul de Chickahominy, embora superasse o número de homens de Lee & # 8217 em uma proporção de 2: 1.

27 de junho

Na manhã do terceiro dia, os confederados posicionados ao norte de Chickahominy perseguiram o exército da União em retirada. A.P. Hill e Longstreet moveram-se para sudeste para bloquear Porter, enquanto D. H. Hill e Jackson moveram-se para nordeste para virar o flanco de Porter & # 8217s. O movimento de Jackson & # 8217s não virou o flanco de Porter & # 8217s desde que Porter estava no pântano de Boatswain e # 8217s que fica mais a leste. Os confederados atacaram durante todo o dia, com pouco efeito, até a noite, quando D. H. Hill e Jackson chegaram. Os dois grupos fizeram ataques simultâneos, mas descoordenados, que finalmente quebraram a posição de Porter & # 8217. No sul do rio, pouca coisa aconteceu ao longo do dia. No entanto, os homens do General Confederado Magruder & # 8217s atacaram a linha da União na Fazenda Garnett & # 8217s, embora tenham se afastado. Mais tarde, o General McClellan anunciou sua mudança para o James.

28 de junho

Houve silêncio no quarto dia, enquanto Lee esperava para ver que ação McClellan tomaria. Alguns dos homens de Magruder & # 8217s atacaram novamente perto das fazendas Gouldin & # 8217s e Garnett & # 8217s, mas conseguiram poucos resultados. Enquanto isso, a caminho do James, McClellan embalou seus trens e destruiu suprimentos desnecessários. Naquela noite, Lee ordenou a perseguição, enquanto Magruder e Benjamin Huger perseguiriam a retaguarda da União. Jackson e D. H. Hill cruzariam o Chickahominy e permaneceriam ao norte e leste do exército, enquanto Longstreet e A.P. Hill cercariam o resto do exército para impedir a retirada da União.

29 de junho

Em 29 de junho, os confederados ao sul de Chickahominy encontraram trincheiras vazias da União e prosseguiram em sua perseguição. A.P. Hill e Longstreet marcharam 20 milhas para estarem em posição, mas Benjamin recebeu ordens conflitantes e marchou o dia todo. Por outro lado, Jackson pensava que deveria ficar ao norte de Chickahominy em vez de cruzar o rio, enquanto Magruder alternava entre assalto e preocupação de que seria atacado pelas tropas da União e, portanto, passaria o dia marchando de um lado para outro. Magruder finalmente atacou a União por trás na Estação Savage & # 8217s. O General da União Samuel Heintzelman continuou recuando e deixou o General da União Edwin Sumner & # 8217s Second Corps e outro grupo para trás. Esses dois grupos conseguiram deter Magruder, apesar de seu sucesso inicial. O resto do exército da União & # 8217s marchou em direção ao James durante o dia, enquanto a retaguarda seguia à noite.

30 de Junho

30 de junho marcou o pico do plano de perseguição de Lee & # 8217s. Enquanto isso, McClellan posicionou mais da metade de sua tropa perto do cruzamento de Glendale. O plano de Lee & # 8217 era fazer com que Jackson e D.H. Hill obrigassem as tropas da União que guardavam a ponte White Oak Swamp a ficar ao norte de Glendale, enquanto Huger também faria o mesmo na Charles City Road. Magruder se juntaria a A.P. Hill e Jackson se pudesse se mover mais rápido, e então eles dirigiriam em direção à Willis Church Road para cortar a rota de retirada de McClellan & # 8217s. No dia material, Jackson se contentou com um ataque à ponte White Oak Swamp, permitindo que muitas tropas da União reforçassem as linhas de Glendale. Magruder e Huger passaram o dia inteiro marchando sem nenhum efeito. Longstreet e A.P. Hill continuaram com seu plano de ataque, embora não tivessem apoio. Inicialmente, eles quebraram a linha Union, mas devido ao fracasso de Huger & # 8217s e Jackson & # 8217s, eles foram adiados mais tarde. O exército vitorioso da União juntou-se ao resto da tropa em um terreno relativamente seguro em Malvern Hill.

1 de julho

O Exército do Potomac alcançou o James em 1º de julho e se uniu lá. A linha principal do exército estava em Malvern Hill, ostentando uma falésia com vista para o rio e uma suave encosta norte aberta. Os confederados perseguiram lentamente, já que Lee era muito cauteloso ao se aproximar da área que ele conhecia bem desde a juventude. Ele também queria atacar apenas se uma concentração de artilharia, proposta por Longstreet, fosse eficaz. Os canhões da União impediram que tal concentração acontecesse, mas os confederados, por meio de más ordens e esperança, atacaram a linha de seus oponentes de qualquer maneira durante a tarde e no início da noite. Esses ataques não deram frutos, graças ao poder absoluto da artilharia comandada pelo coronel Henry Hunt. Este foi o quarto dia em que a tropa de McClellan & # 8217 estava segurando o campo durante o dia e recuando à noite. Desta vez, eles recuaram em direção a Harrison & # 8217s Landing.

Rescaldo

2 de junho viu o Exército Potomac marchar em direção ao Harrison & # 8217s Landing. O General Lee foi perseguido no dia seguinte após ser alertado por Jeb Stuart sobre a retirada de McClellan e # 8217 de Evelington Heights. No momento em que Lee estava chegando, McClellan já havia movido suas tropas para as alturas. Este foi o fim das Batalhas dos Sete Dias. Isso deu a McClellan uma boa chance de tomar Richmond e restaurar a União a um status quo que se assemelhava a 1860. Por outro lado, o ânimo dos confederados aumentou. Apesar de várias derrotas táticas, o General Lee obteve uma vitória calculada, mantendo a iniciativa até 17 de setembro de 1862 ao longo de Antietam Creek, Maryland, onde McClellan finalmente o forçou a se retirar.


Guerra Civil Balonismo Durante a Campanha dos Sete Dias

Soldados da União preparam o balão de reconhecimento de Thaddeus Lowe para assentimento. Esta fotografia foi tirada um pouco antes da Batalha de Gaines 'Mill na orla da propriedade preservada pelo American Battlefield Trust. Biblioteca do Congresso

James L. Green, Diretor de Ciência Planetária da NASA, membro do American Battlefield Trust e autoridade em balões da Guerra Civil, descreve o papel importante e inovador que os balões desempenharam durante a Guerra Civil e a Campanha dos Sete Dias.

Fair Oaks, Virginia. Prof. Thaddeus S. Lowe reabastecendo o balão INTREPID do balão CONSTITUIÇÃO - maio de 1862 Biblioteca do Congresso

As capacidades de um balão de observação amarrado para ajudar o Exército da União a fazer mapas, localização de artilharia e observar a localização e as atividades dos confederados até cerca de 15 milhas de distância foram demonstradas no início da Guerra Civil na área de Washington DC por vários Aeronautas talentosos e por John LaMountain na Fortaleza Monroe. O governo dos EUA deu a John Wise o título de “Chefe do Aeronauta” em meados de julho de 1861, mas ele logo abandonou essa função depois que o balão que ele havia construído para o governo dos EUA durante a batalha de First Bull Run foi acidentalmente destruído. Antes do final do verão de 1861, Thaddeus Lowe seria nomeado o próximo “Aeronauta Chefe” do Exército da União. Lowe usou sua posição para obter financiamento e a permissão do governo para construir sete balões, 12 geradores de gás de campo e uma barcaça de balão de topo plano. A barcaça do balão era um "porta-aviões" de topo plano especialmente feito pela remoção da superestrutura e dos motores do antigo navio a vapor George Washington Park Custis.

Para manobrar seus novos balões, Lowe inicialmente contratou vários aeronautas, como Ebenezer Seaver, Joseph B. Starkweather, John Steiner, William Paulin e John R. Dickinson. Lowe espalhou seus balões em locais ao longo do rio Potomac de outubro de 1861 até o início de 1862, fornecendo a Washington DC algum grau de segurança, já que um balão amarrado bem posicionado poderia observar o movimento de um grande exército confederado até um dia de marcha.

Em meados de março de 1862, McClellan finalmente decidiu mover o exército da União para o Capitólio Confederado, Richmond. Ele primeiro alistou Lowe para patrulhar à frente. Lowe enviou um de seus aeronautas, Ebenezer Seaver para a Fortaleza Monroe com o balão Constituição mas, devido a problemas climáticos, nenhuma ascensão foi realizada até depois que a maioria das forças de McClellan chegaram no início de abril. Com muitos de seus aeronautas dispersos, em algum momento de março Lowe contratou o famoso aeronauta da Nova Inglaterra, James Allen, como outro aeronauta assistente, pedindo a Allen que seguisse o exército até a Península e chegasse o mais rápido possível.

Lowe chegou a Hampton, Virginia, na Península em 28 de março com vários balões, geradores de gás e todos os materiais de inflação necessários a bordo de seu porta-aviões de topo plano, o George Washington Park Custis.

Com quatro vagões do exército e dois geradores de gás a reboque, o trem de vagões de Lowe foi então escoltado para a área de Yorktown pelo 13º New York da brigada de Martindale chegando por volta do meio-dia de 5 de abril. Um destacamento de cerca de 30 homens do 4º Maine foi então criado com dois ou às vezes três homens por empresa designada. Lowe, com a ajuda de seus poucos assistentes, imediatamente começou a treinar os novos detailees e na tarde do dia 5 um dos balões menores de Lowe foi lançado em direção ao céu. Lowe logo montou seu acampamento permanente de balão perto de uma serraria movida a vapor que era o local da sede da Heintzelman, a apenas 3 km de Yorktown.

Na noite de 6 de abril, Lowe recebeu ordens de McClellan para instalar outra estação de balões no Quartel General do General Keyes em Warwick Court House perto do James River. Lowe deixou o acampamento da serraria no comando do assistente Ebenezer Mason e correu de volta para a Fortaleza Monroe para obter o balão Constituição. Nesse ínterim, James Allen chegou a Yorktown a tempo de continuar as ascensões diárias que Lowe havia iniciado.

Depois de lutar para obter o apoio de que precisava para mover um trem de balão da Fortaleza Monroe para Warwick Court House, Lowe concluiu sua tarefa e voltou para Yorktown perto de meados de abril, assumindo pessoalmente o controle do acampamento de balão da serraria e enviando Allen para Warwick Court House para ajudar Seaver pega o balão Constituição totalmente inflado e em operação. Em apoio à estação de balões Warwick Court House, um destacamento de 35 homens da Companhia A da 85ª Infantaria da Pensilvânia foi designado. Em 19 de abril o balão Constituição estava levando até quatro oficiais para o alto para ver as fortificações confederadas na frente deles e ficar à procura do CSS Virginia que se esperava que cruzasse para cima e para baixo no rio James quase a qualquer momento, bombardeando a posição da União.

Fair Oaks, Virginia. Prof. Thaddeus S. Lowe observando a batalha de seu balão "Intrepid" Biblioteca do Congresso

As ascensões quase diárias de balão de Lowe em Yorktown atraiu muita atenção dos confederados com o balão sendo um alvo constante para suas armas. Lowe afirmou, "o inimigo abriu sobre ele com seus pesados ​​canhões de cerco ou peças de campo raiadas, até que atingiu uma altitude fora de alcance, e repetiu este fogo quando o balão desceu, até que foi escondido pela floresta." Isso dá início a um período de observações regulares em balões de Yorktown, no qual Lowe levaria oficiais e, mais tarde, no mês de abril, até repórteres para ver as fortificações. Em 29 de abril, Lowe trocou o pequeno balão que ele estava usando em Yorktown com o grande balão Intrépido também chamado de McClellan por alguns soldados, uma vez que tinha uma enorme imagem de McClellan pintada em sua superfície. Este balão pode conter até cinco observadores ou quatro observadores e um telégrafo.

As observações do balão de Yorktown em 3 de maio mostraram que as tropas confederadas estavam em "movimento incomum" e então eles aumentaram significativamente os disparos de artilharia no balão de Lowe, mantendo-o abaixado a maior parte do dia. Em algum momento da madrugada do dia seguinte, conforme observado pelo balão na estação de balões de Warwick, os confederados haviam abandonado sua fortaleza. As tropas de McClellan seguiram em sua perseguição. Logo depois, Lowe recebeu ordens de fazer as malas e subir o rio York com a Divisão de Franklin carregada em uma flotilha. A barcaça de balões de Lowe, a George Washington Parke Custis com todos os seus balões e equipamentos, foram rebocados pelos rios York e Pamunkey, chegando à “Casa Branca” dos confederados em meados de maio. O resto do exército de McClellan subindo a Península de Richmond por terra alcançou a Casa Branca Confederada em 17 de maio. O destacamento de Lowe’s Yorktown dos 4º soldados do Maine chegou com o exército e foi transferido para Lowe. Desta base no Pamunkey, McClellan mudou-se para Richmond com Lowe instalando sua próxima estação de balão na fazenda Gaines.

Thaddeus Lowe, da Biblioteca do Congresso do aeronauta em balão da Guerra Civil

Em 22 de maio, Lowe teve seu pequeno balão de um homem só, o Excelsior, rapidamente inflado pelo 4º Maine e começou a levar oficiais, um de cada vez, para dar uma olhada nos novos arredores. O próprio Lowe relatou ter uma bela vista de Richmond, vendo as ruas, igrejas e pessoas se movendo pela cidade. Embora a área fosse densamente arborizada, mapas das estradas que levam a Richmond e a localização das posições e fortificações rebeldes observadas foram feitos e continuamente atualizados com novas informações. Grandes movimentos de tropas dentro e fora de Richmond foram facilmente observados. Lowe logo inflou o balão maior, Constituição, e recebeu a ordem de instalar outra estação de balões em Mechanicsville, algumas milhas a noroeste da fazenda Gaines. Lowe moveu os balões União e depois o Excelsior para o novo local em Mechanicsville e colocar o experiente aeronauta James Allen no comando. Um destacamento do 20º Massachusetts sob o comando do Tenente Messer foi organizado para apoiar a estação de balões em Mechanicsville.

McClellan recebia relatórios de balões regularmente. Mais do que em qualquer outro momento na história do Balloon Corps, as operações de Lowe tornaram-se bem integradas à operação do exército. Por exemplo, em 23 de maio em conjunto com a 2ª instalação de artilharia dos EUA na fazenda Gaines ao lado da estação de balões, Lowe dirigiu pessoalmente o bombardeio contra o solo inimigo nas proximidades de New Bridge. Após 93 rodadas, os rebeldes se espalharam com baixas desconhecidas. Mais tarde naquele dia, em Park Spring, um operador de telégrafo do Signal Corps chegou para instalar uma nova estação telegráfica na grande cesta de vime para cinco pessoas usada pelos maiores balões de Lowe, como o Constituição e a Intrépido. Uma vez estabelecido, McClellan recebeu relatórios imediatos de 1.000 pés. À medida que mais e mais tropas rebeldes eram observadas e informadas à massa em força à vista dos balões, a resposta de McClellan foi "manter-nos prontos para um ataque." Ele não teve que esperar muito.

31 de maio de 1862: Batalha dos Sete Pinheiros

O próximo grande desafio de Lowe veio em 31 de maio, quando os confederados comandados pelo General Joe Johnston se chocaram contra as tropas de McClellan na Batalha de Fair Oaks (Seven Pines). No momento da batalha, Lowe e Park Spring estavam ambos no balão Intrépido. Spring contou sua experiência aos repórteres após a batalha e suas declarações apareceram em um grande número de jornais importantes, como os publicados em Washington DC, Nova York e Filadélfia. Além dos balões da União, os Confederados também colocaram em campo seu próprio balão denominado Gazela mas muitas das tropas rebeldes chamaram o balão de Lady Davis ou o Balão Vestido De Seda uma vez que a seda usada em sua confecção era de parafusos de vários tecidos estampados. o Gazela também era um balão amarrado não atingindo mais de 500 pés de altitude cheio de gás de iluminação em Richmond e então desceu a Península em um vagão de trem de teto plano.

Ilustração de Currier e Ives da Batalha de Fair Oaks. Um balão da Guerra Civil pode ser visto flutuando acima do combate no canto superior esquerdo desta ilustração popular. Crédito: Biblioteca do Congresso

Impressão de Currier e Ives mostrando um balão da Guerra Civil vigiando a Batalha de Fair Oaks, 31 de maio de 1862 Biblioteca do Congresso

Durante a batalha, além do Gazela, o balão Intrépido foi facilmente observado por soldados no campo de batalha. Os relatórios da batalha do Intrépido foram telegrafados para a sede de McClellan e acredita-se que tenham sido retransmitidos para o Departamento de Guerra em Washington DC. No final da batalha em 1 de junho, Joe Johnston foi ferido e o General Lee assumiu o comando das forças rebeldes.

Em 12 de junho, McClellan mudou seu acampamento da área de New Bridge para a casa de Trent situada ao sul do rio Chickahominy na Grapevine Road. Como seu costume habitual, McClellan logo ordenou a Lowe que montasse outra estação de balões na casa de Trent. Demorou mais de uma semana antes que Lowe trouxesse o balão Constituição da fazenda Gaines para as operações de configuração. Com o União em Mechanicsville, o Intrépido na fazenda Gaines, e o Constituição na casa de Trent, um arco de observações dos balões se estenderia por quase 70 graus de nordeste a leste em torno de Richmond. Uma vez operacional, McClellan pode ter pensado que obteria informações significativas sobre os confederados. Se ao menos os rebeldes ficassem parados. Mas com uma nova terceira estação de balão a ser montada e operada, isso aumentaria a capacidade de Lowe de cumprir em tempo hábil. Para complicar as coisas, Seaver e Mason foram demitidos por Lowe, uma vez que se recusaram a trabalhar até serem reembolsados ​​pelos meses de retribuição que Lowe devia a eles.

Os fotógrafos de Matthew Brady, que chegaram ao local por volta de 14 de junho de 1862 e fotografaram as operações de Lowe, documentaram a estação de Lowe na fazenda Gaines. Lowe aproveitou a oportunidade para recriar, em fotos, suas ações reputadas durante a Batalha de Fair Oaks e, mais tarde, escreveu extensivamente sobre elas. Indiscutivelmente, as observações do balão de Lowe em Fair Oaks e a inteligência que ele forneceu a McClellan durante o período em que ele estava na estação de balões da fazenda de Gaines é o ponto alto na história do Union Balloon Corps.

26 de junho de 1862: Batalha de Mechanicsville

Embora muito tenha sido escrito sobre os sucessos de Lowe na batalha de Fair Oaks durante a campanha dos sete dias, as operações de Lowe foram severamente prejudicadas. Com Lee no comando, a guerra mudaria radicalmente com os confederados agora determinados a empurrar McClellan para longe de Richmond e da Península.

Na noite de 25 de junho, os homens do General da União Fitz John Porter estavam concentrados ao longo do lado leste de Beaver Dam Creek, não deixando nada entre a estação de balões de Mechanicsville e o exército confederado em massa, mas uma linha escassamente espalhada de piquetes. Na manhã do dia 26, como o balão União em Mechanicsville alcançou cerca de 200 pés, Allen observou os confederados flanqueando seus piquetes bem diante de seus olhos. Percebendo o perigo em que se encontrava, Allen ordenou que o balão abaixasse enquanto tiros rápidos estavam trabalhando duro para derrubá-lo. Como o balão estava sendo baixado devagar demais, Allen saltou da cesta, agarrou uma das amarras e deslizou pela corda. Depois de completamente abaixado, o gás do balão foi liberado e a 20ª turma de Massachusetts embalou a estação e se mudou para a segurança atrás das linhas da Union bem a tempo de evitar que eles próprios e o balão fossem capturados. Enquanto Lowe e o 4º Maine estavam preocupados com as atividades na casa de Trent, nenhum balão estava no ar, tornando o momento perfeito para o ataque de Lee aos homens de Porter no final da tarde do dia 26. No final da batalha, a linha de Porter se manteve e o plano de Lee de reunir um grande número de tropas contra Porter falhou, mas ele colocou em movimento uma dúvida na mente de McClellan de que seria capaz de tomar Richmond.

27 de junho de 1862: Batalha do Moinho de Gaines

Lee estava determinado a atingir McClellan novamente e ordenou outro ataque maciço. McClellan ordenou a Porter que reformasse sua linha em Turkey Hill, a leste da fazenda Gaines, necessitando que a estação de balões na fazenda Gaines fosse abandonada. Da casa de Trent, Lowe enviou vários de seus homens para a estação de balões da fazenda Gaines para economizar o máximo de equipamentos de balão que pudessem. Os homens rapidamente empacotaram e moveram a maior parte do equipamento, mas sem os cavalos necessários, dois dos geradores de gás de Lowe tiveram que ser deixados para trás. Lowe finalmente colocou a estação de balões Trent em funcionamento, fazendo uma série de ascensões e reportando-se diretamente a McClellan. À medida que os confederados se moviam para o leste através da fazenda de Gaines em direção à posição do exército da União em Turkey Hill, eles capturaram os dois geradores de gás de Lowe e acabariam por colocar o gerador de gás número 11 em exibição na praça da cidade de Richmond.

Soldados da União preparam o balão de reconhecimento de Thaddeus Lowe para assentimento. Esta fotografia foi tirada um pouco antes da Batalha de Gaines 'Mill na orla da propriedade preservada pelo American Battlefield Trust. Biblioteca do Congresso

No meio da tarde do dia 27, a batalha começou e as tropas de Lee estavam novamente pressionando a linha de Porter com força. Os relatos de Lowe sobre a cena também continham seu apelo para ser substituído. Lowe declarou: “Não estou muito bem e acho aconselhável que uma pessoa boa esteja constantemente acordada”. Mas Lowe não ficaria aliviado. o Intrépido não foi o único balão a observar a Batalha do Moinho de Gaines. O confederado Gazela também foi pilotado por Porter Alexander. Alexander used flag signals to inform Lee of the movements of the Union army while Lowe dropped messages to two couriers standing ready below his balloon. Lowe and Alexander would eye each other on occasion. Lowe would later describe the scene to a reporter as “grand and picturesque beyond the compass of language.” He added, “the evolution of battalions, the chaotic masses of men, the rapid shifting of events, [and] the great veil of smoke [would] occasionally lift from the field as though the gods above had some desire to see, and the fearful picture behind the combatants, where the ground had been fought over and consecrated with blood…” As night was falling Porter’s portion of the Union army were ordered to move south escaping across the Chickahominy River and joining the rest of McClellan’s army leaving the field, and victory, to the Confederates.

The next day Lowe received orders to pack up and move out with the Army of the Potomac. McClellan cut his ties to his supply line at the Confederate White House on the Pamunkey River and raced to the other side of the Peninsula to the James River for naval protection and a route for eventual escape. With the Union army on the constant move Lowe was not able to reestablish any balloon stations. Lee’s strategy of continual fighting threw McClellan off guard. The battles of Savage Station (June 29 th ) and Malvern Hill (July 1 st ) would be fought without the aid of Union balloon reconnaissance.

However, the Rebel balloon Gazelle with Porter Alexander made ascensions daily until the enemy reached Malvern Hill. Alexander used The Teaser, a small-armed tug, to make ascensions from the deck observing the Union army moving toward the James River. On July 4 th Alexander deflated the Gazelle and had the tug move down river so that he could be let off and report his observations to Lee. The Teaser, ran aground below Malvern Hill on a falling tide, and the Federal gunboats, the Maratanza e o famoso Monitor, came up and captured both the boat and balloon, with the crew and Alexander escaping.

Edward Porter Alexander Library of Congress

The Confederate balloonist Alexander later stated that “we could never build another balloon, but my experience with this gave me a high idea of the possible efficiency of balloons in active campaigns. Especially did we find, too, that the balloons of the enemy forced upon us constant troublesome precautions in efforts to conceal our marches.”

Lowe continued to be very sick and was finally sent home diagnosed with malaria on July 6 th never to return to the Peninsula. He turned over the management of the Balloon Corps to his father Clovis and observational responsibility to aeronaut James Allen. With the Army of the Potomac all around him Allen set up the last balloon station of the Peninsula Campaign on the Berkeley Plantation with his first flight occurring on July 5 th . Allen made frequent ascensions reporting directly to McClellan who, once again, found a new place to stay put and ponder the future with dreams of unrealized victory. On August 3 rd McClellan was ordered to return the Army of Potomac to Washington DC. On August 13 th the balloon station at the Berkeley Plantation was finally ordered to pack up and return home on the George Washington Parke Custis with the 4 th Maine and 20 th Massachusetts detailees returned to their units for the long march down the Peninsula to Fortress Monroe for their trip back to DC.

Under Lowe the aeronauts in the Balloon Corps made well over 3,000 balloon ascensions and supported a number of campaigns. The Balloon Corps was finally disbanded when the Union army returned to Washington DC after the Battle of Chancellorsville. It has indelibly left its mark as our nation’s first Air Force.


Peninsula Campaign: Preparing to Advance

Even as McClellan won approval for his planned offensive, Johnston withdrew his army from Manassas to a more easily defensible position at Culpeper, some 40 miles south and on the other side of the Rappahannock. The Union Army’s inspection of the abandoned Confederate works revealed that the enemy’s defenses had been far weaker than McClellan had claimed. In particular, a number of the Confederate cannons were found to be only logs painted black, known as “Quaker guns.” From then on, McClellan’s continued demands for more troops to face a superior enemy force would fall on deaf ears in Washington.Foiled by Johnston’s move, McClellan now sought to move his Army of the Potomac by boat to Fort Monroe, located at the tip of the peninsula formed by the York and James Rivers in Virginia. From there, the army would move up the peninsula towards Richmond, forcing Johnston to move quickly south to defend the Confederate capital. Lincoln and Secretary of War Edwin M. Stanton agreed reluctantly. After finding that McClellan had not complied with the president’s order to leave enough troops to defend Washington, they ordered an entire large corps held back from the advance, and a furious McClellan traveled to Fort Monroe with some 100,000 troops instead of the 150,000 he had wanted.


Battle of Gaines’ Mill: June 27, 1862

The Battle of Gaines’ Mill was the third of the Seven Days’ Battles (June 25-July 1, 1862), the climax of Union General George McClellan’s Peninsula campaign (March-July 1862) in Virginia, whose goal was to capture the Confederate capital of Richmond.

Did you know? In the 1864 U.S. presidential election, President Abraham Lincoln defeated his former top general, George McClellan, the Democratic candidate. McClellan later served as the governor of New Jersey from 1878 to 1881.

On June 27, 1862, Confederate forces under Robert E. Lee went on the offensive against Brigadier General Fitz John Porter’s (1822-1901) Union troops, who had formed a defensive line behind Boatswain’s Swamp north of the Chickahominy River. Porter’s men withstood a series of Rebel assaults throughout the day however, that evening, a coordinated attack by some 32,000 Confederates succeeded in breaking the Yankees’ defensive line and driving them back toward the Chickahominy. After darkness fell, Porter’s men retreated to the other side of the river the Rebels did not pursue them.

Of their approximately 34,000 troops at the Battle of Gaines’ Mill, the Yankees suffered some 6,800 killed, wounded, missing or captured, while the Confederates had some 8,700 casualties out of an estimated force of 57,000 to 65,000 men. It was first major victory of the war for Lee, who had been named commander of the Army of Northern Virginia earlier that same month.

After the loss at the Battle of Gaines’ Mill, McClellan abandoned his plans to seize Richmond and instead withdrew his men to a base on the James River.


The Seven Days Battle:

Lee amassed about 70,000 troops. He left 25,000 of them to defend Richmond, and threw the rest in an unceasing offensive against McClellan’s invaders. Lee’s initial intention had been to “drive our enemies back to their homes” but that intention had evolved into an aggressive campaign to destroy McClellan’s army in what became known as the Seven Days Battle (25 June–1 July 1862).

During the Seven Days Battle Lee kept the army surging forward in a series of battles (the major ones were Mechanicsville, 26 June Gaines’ Mill, 27 June Savage’s Station, 29 June Glendale or Frayser’s Farm, 30 June and Malvern Hill, 1 July) until General McClellan was driven back a full twenty-five miles, in what McClellan tried to term a strategic withdrawal, but which became known popularly, and more accurately, as “the great skedaddle.”


Political Past: Revisiting Early Bernie Sanders Posters

If Burlington artist Frank Hewitt were alive today, he would surely have designed a collectible poster to illustrate key themes of Bernie Sanders' presidential campaign — perhaps pairing the downtrodden middle class or greedy big banks with Sanders' distinctive visage.

The Rutland-born painter was an associate professor of art at the University of Vermont from 1970 until his death in 1992. Even before Sanders appeared on the scene, Hewitt was no stranger to controversy: He made his first national splash in 1965, when the radical Anonima Group, which he had cofounded in Cleveland, had a collaborative show at New York's Museum of Modern Art.

During his time at UVM, Hewitt ventured into political art to assist the electoral ambitions of his friend and fellow progressive, Bernie Sanders. Their sons were friends, too: Levi Sanders and Corin Hewitt spent a lot of time shooting hoops at the Hewitts' Henry Street house in Burlington.

Hewitt made silk-screened posters for each of Sanders' mayoral races, 1981 through 1987, and for his run for the U.S. Congress in 1990. These weren't lawn signs but frame-worthy populist artworks, signed by the artist and the politician, that were auctioned to raise money for Sanders' campaigns.

Hewitt died long before his friend would run for Senate, much less president of the United States. But the artist's family and friends have saved those posters and remember the process behind them.

Karen Hewitt, Frank's widow, still has some of the pillowcase-size posters stacked flat in wide drawers in the bright attic workroom where she designs wooden toys. She told Seven Days she would give the artworks to Sanders' presidential campaign "if there was any way to make these helpful. I would do anything to help Bernie."

Burlington graphic artist Michael Patterson collaborated with Hewitt on the posters, although he stressed, "All of these came out of Frank's head." Inspired by Sanders' high national visibility, the longtime owner of Patterson Ads recently pulled out his own collection of the posters to revisit them.

Patterson said he was "a printmaking student" at UVM when Hewitt approached him looking for help on the poster project. It was 1981, and Sanders was making his first bid for mayor.

"The big issue that election was a real-estate mogul's plan to develop Burlington's waterfront, then pretty much a weedy landscape of abandoned industrial buildings, junked railroad cars and big, rusty petroleum tanks," Patterson wrote in a 2009 blog post about Hewitt's first Bernie poster.

His concept for the poster was a map of Burlington labeled "Burlington is not for sale," plus an inset image of a smiling Sanders and the instruction to "Vote Sanders for Mayor."

Patterson had a screen-printing setup in the basement of his home in Winooski, he recalled. So Hewitt came over with a stack of positive films. "We Scotch-taped them together into the composition," Patterson explained. "We exposed a stencil film with a sun lamp shining through our taped-up master and pulled a few dozen prints.

"Then Frank worked into the still-soft ink on most of the prints with thinner and a brush, creating the soft, washy effects," he added. That made each print unique.

Sanders, of course, won that historic 1981 race — and he was reelected three times. For his subsequent campaign posters, Patterson said he helped Hewitt put together the film images for the masters, but they were printed commercially.

Doreen Kraft, executive director of Burlington City Arts, said Hewitt saw art as a communication tool and a way to build community. "Bernie's election, to him, was very significant," she said.

One of Sanders' first moves as mayor was to set up a volunteer arts task force, and Hewitt was one of the original members. The group, which became known as the Mayor's Arts Council, "turned the lobby of city hall into a gallery," Kraft remembered. It also established a Thursday-night summer concert series in Battery Park, for which Hewitt created an image depicting a vivid pink sunset over Lake Champlain. (In 1983, the Burlington City Council voted to fund the arts group and hired Kraft as a part-time coordinator seven years later, it would evolve into Burlington City Arts.)

Kraft, who also owns several of the '80s Bernie posters, described them as bold political statements done by an artist in a playful, creative style. The second and third mayoral posters reminded voters of Sanders' commitment to the city with the slogan "Bernie for Burlington." As Sanders sought a fourth term, Hewitt's poster celebrated his accomplishments with a baseball analogy: "a grand slam for Burlington." The poster also reminded Burlington voters that Sanders had brought a Double-A minor-league baseball team to the city.

Hewitt created a fifth poster in 1990, when Sanders made his second run for Vermont's sole seat in the U.S. House of Representatives. His win launched a 25-year (and counting) career in Washington, D.C., that Sanders is now hoping to top with a move to the White House.

Art is part of that effort, too. Artists such as Richard J Oliver and dug Nap have already contributed pieces to Sanders' presidential campaign that will be printed as limited editions. "We have a policy that explains what we can accept from artists," said Michael Briggs, campaign communications director. The prints by Oliver, Nap and other artists will be displayed in shows around the country and then auctioned, he added. The maximum price for an artwork will be $2,700, the limit on an individual campaign donation.

Back in Burlington, the possessors of Sanders' early political posters cherish them all the more now that he is on the national stage, Kraft said. "There are people who would like to collect these things right now," she noted, "because Bernie is very cool and Frank's work has currency."

The original print version of this article was headlined "The Art of Politics"


Seven Days Campaign - History

The Peninsula Campaign (often referred to as Peninsular Campaign) was a major Union operation during the Civil War, which commenced in southeastern Virginia. The operation started from March through July 1862, and was the first major offensive in the Eastern Theater. In this campaign, the Union army was led by Major General George McClellan. It was a major turning point against the Confederacy in Northern Virginia and was intended to capture Richmond, the capital of the Confederate. Having moved his Army of the Potomac to Fort Monroe by boat on the Atlantic coast in April, McClellan decided to proceed toward Richmond through the peninsula formed by the James River and York. McClellan was very cautious and refused to launch any attack until late in May.

The first stage of this operation ended in the indecisive Battle of Seven Pines. Here Confederate General J. Johnston was injured and the command was passed to General Robert Lee. The Peninsular Campaign also comprised of one of the major battles in the Civil War: the Seven Days Battles.

General Versus the President

President Lincoln had named McClellan to replace Winfield Scott as the general in chief of all Union troops in November 1861. McClellan was convened to Washington following the overwhelming defeat at Bull Run, the previous July. Since then, McClellan managed to shape most of the inexperienced volunteer troops into effective disciplined forces, referred to as Army of the Potomac. McClellan was a cautious man and always overestimated his enemies. It’s for this reason that the president got frustrated with his unwillingness to take the initiative and issued General War Order No. 1, requiring all troops to move forward.

However, McClellan objected to the president’s idea, convincing the president to further reschedule the offensive attack against Confederate army under the leadership of Joseph Johnston. McClellan preferred to advance his men down the Chesapeake by a boat instead of an overland offensive. This way, he could get between Johnston’s troop and the Confederate capital: Richmond. Early in March 1862, Lincoln agreed to this plan, but demoted McClellan as the Union general in chief to a commander of the Army of the Potomac. McClellan was also supposed to leave enough troops to safeguard Washington.

Campaign Preparation

Although McClellan got the approval he so much needed for his planned offensive, General Johnston on the other hand removed his men from Manassas to a more easily defendable position, about 40 miles south to a place called Culpeper. The Union Army inspected the vacated Confederate works and disclosed that the rebels’ defense was much weaker than what McClellan claimed. From then on, General McClellan’s persistent demand for more men to face the superior Confederate forces were unattended to in Washington.

Frustrated by Johnston’s move, McClellan then decided to move his Army of the Potomac to Fort Monroe by boat. From there, his army would advance to the peninsula towards Richmond, obliging Johnston to head south to secure the Confederate capital. Once again, McClellan’s plan was halfheartedly accepted by Lincoln and the Secretary of War, Edwin Stanton. Later on, the president learnt that McClellan had not left troops to defend Washington. Lincoln ordered an entire large corps not to advance toward McClellan. With that order, McClellan advanced to Fort Monroe with 100,000 men instead of the 150,000 he had demanded for.

From Yorktown to Seven Pines

McClellan thought that he would find the main Confederate force at Yorkton on the Peninsula. Despite the Confederates having fortified a line across the Peninsula with just 11,000 troops, McClellan hesitated to go on the offensive once again. By this time, Johnston’s troop was about 80 miles away, but McClellan continued to defy the President’s repeated orders to launch an attack. Finally, McClellan ordered his army to proceed up the peninsula, after learning that Johnston had pulled his troops from Yorktown toward Richmond. By the third week of May, McClellan was approaching Richmond.

Although the Federal side had 100,000 men against 60,000 Confederate defenders, McClellan still wanted more reinforcements. On May 31, the Confederates launched an attack against two Federal corps 6 miles east of Richmond, at the South of the Chickahominy River. The two-day Battle of Seven Pines and Fair Oaks saw the rebel defenders drive one Union corps back. They also inflicted heavy casualties on the Federal side before McClellan stabilized his line. On their side, the Confederate suffered a major blow when General Johnston was critically injured. Confederate president Jefferson Davis replaced Johnston with General Lee, a move that would have weighty effects for the rest of the clash.

Seven Day’s Battle

Throughout June, Lee planned a counteroffensive, while McClellan continued to demand for more troops and supplies from Washington. To him, he was facing about 200,000 enemy troops, while in reality Lee’s maximum force comprised of 92,000 men. On July 26, Lee left some divisions to defend Richmond and attacked McClellan from the right side north of the Chickahominy. In the Seven Day’s battle, General Lee ordered a series of attacks at Gaines’ Mill, Frayser’s Farm, Mechanicsville, and Malvern Hill. McClellan won most of the skirmishes during the seven days, but ordered his army except the Fifth Corps to retreat to Harrison’s Landing on the James. These news caused northern morale to fall.


Peninsula Campaign

Lincoln preferred an overland campaign toward Richmond, but McClellan proposed an amphibious maneuver in which the Union Army would land on the Virginia Peninsula, effectively circumventing the rebels under General Joseph E. Johnston.

McClellan put his Peninsula Campaign into action in March 1862, landing over 120,000 men on the coast and proceeding east toward the Confederate capital. The Confederates withdrew toward Richmond, and McClellan’s troops fought their way to within only a few miles of the city.

Despite his strong position, McClellan failed to capitalize on his tactical advantage, once again believing that he might be outnumbered. When General Robert E. Lee took control of Confederate forces on June 1, he launched a series of bold offensives that culminated in the Seven Days Battles.

Furious at Lincoln’s refusal to send him reinforcements, McClellan retreated to the base of the James River, at which point his army was ordered to return to Washington.

Aggravated at what he saw as indecisiveness on the part of McClellan, Lincoln had grown dissatisfied with his most famous general. But after Lee scored a decisive victory at the Second Battle of Bull Run in August 1862, he grudgingly called McClellan back into action in defense of Washington.


George Meade: Post-Gettysburg Civil War Service

Following the uneventful campaigns of Bristoe and Mine Run in late 1863, in the spring of 1864 Meade’s authority was superseded by the appointment of Ulysses S. Grant as general-in-chief of all Union armies. Although he was still technically the commander of the Army of the Potomac, for the rest of the war Meade acted as Grant’s subordinate.

In this capacity, Meade participated in Grant’s aggressive Overland Campaign of 1864, in which the Union army absorbed staggering casualties during a dogged march toward Richmond. Meade took part in in the Battles of the Wilderness, Spotsylvania and Cold Harbor throughout 1864, earning a promotion to the rank of major general. He was also instrumental in the prolonged Siege of Petersburg (June 1864-March 1865), which was launched after Meade’s early assaults on the city resulted in heavy Union casualties.

Due to his brusque personality and quick temper, Meade was never a popular figure with the media, and his contributions to later battles and the eventual Union victory were often downplayed in the Northern press. Despite his crucial role in cornering the Confederate Army, Meade was not present during Lee’s surrender at Appomattox in April 1865, and most of the credit for winning the war was given to Ulysses S. Grant and General William T. Sherman.


Assista o vídeo: Na linii ognia Wojna sześciodniowa (Novembro 2021).