Notícia

O Santuário Meiji: um oásis de Zen no centro da agitada Tóquio

O Santuário Meiji: um oásis de Zen no centro da agitada Tóquio

O Japão é um país único, muito moderno e também muito tradicional. No coração de Tóquio, há um santuário dedicado a um dos mais importantes imperadores japoneses e sua esposa. Este santuário xintoísta é um dos mais populares do Japão e é um oásis zen, situado em uma vasta floresta no coração da agitada metrópole de Tóquio.

A História do Santuário Meiji

O imperador Meiji (1852-1912) é uma figura central na história japonesa moderna. Seu reinado viu a modernização do país e sua derrota na China e na Rússia. Após a morte do imperador em 1912, a Dieta Japonesa aprovou uma lei que ordenava a construção de um santuário xintoísta em sua memória. O imperador e sua esposa, a imperatriz Shōken, costumavam visitar um pequeno jardim em Tóquio, que foi escolhido como local para o novo santuário. Os trabalhos começaram no novo santuário em 1915 e foi construído por voluntários de grupos de jovens e associações cívicas. O edifício foi inaugurado em 1920, mas os trabalhos continuaram no local até 1927.

Pintura do Imperador Meiji e sua família (Kasai, Torajirō / )

Este santuário foi apoiado pelo governo e foi usado pelos militaristas japoneses para fins de propaganda durante a Segunda Guerra Mundial. Durante este conflito, o complexo do santuário original foi destruído por um ataque aéreo americano. Após a guerra, o público japonês contribuiu com fundos para a reconstrução do santuário. Isso era uma indicação da estima que eles tinham pelo imperador Meiji e sua esposa. Desde a sua inauguração em 1958, o santuário foi visitado por incontáveis ​​dignitários estrangeiros, incluindo presidentes americanos. Durante os feriados de ano novo, muitos japoneses visitam o santuário como parte do costume de Hatsumōde. No entanto, os restos mortais do imperador e sua esposa não estão enterrados aqui, mas em Kyoto.

O que ver?

O Santuário Meiji está localizado em uma floresta de mais de 150 acres, e tem muitos caminhos e alguns jardins. A entrada para o santuário é feita por meio de um portal Tori, em estilo xintoísta clássico. É para marcar a fronteira entre o sagrado e o profano, e é pintado de vermelho e preto. O santuário é feito de materiais tradicionais, incluindo cobre e madeira de cipreste, e pode ser acessado por meio de escadas. É construído no estilo japonês conhecido como estilo nagare-zukuri. O santuário e outros edifícios são todos construídos em estilo assimétrico, e tem um telhado de duas águas distinto que pende sobre a frente do edifício e forma um pórtico.

Turistas explorando o Santuário Meiji em Tóquio ( coward_lion / Adobe Stock)

O Naien é o recinto interno, onde o santuário para o Imperador e sua Imperatriz está localizado. Há um grande pátio aqui que é formado pelo santuário e alguns outros edifícios. Existem muitas ofertas, incluindo barris de saquê, para serem vistas aqui. Também há orações escritas em placas de papel / madeira presas a uma parede no recinto interno e há até mesmo mesas onde as pessoas podem escrever suas próprias orações.

Há também o museu que guarda muitos artefatos associados ao imperador Meiji e seu reinado. É construído no estilo conhecido como Azekurazukuri e é uma construção de madeira simples e minimalista, com um telhado de duas águas. O Gaien é o recinto externo e inclui uma galeria repleta de murais do casal imperial e há um grande espaço público aqui. Existem várias instalações desportivas nas proximidades, incluindo o Estádio Olímpico de Tóquio.

  • Templo de Sensoji, o coração pulsante do budismo japonês de Tóquio
  • A reconstrução facial traz de volta à vida o último missionário na terra do sol nascente
  • Sexo, escândalo e fascinação: a arte erótica de Shun-ga de Edo ao Japão moderno

Pastilhas de madeira dos desejos / orações no Santuário Meiji, Tóquio ( thaifairs / Adobe Stock)

O que fazer?

O santuário é de fácil acesso por transporte público e há um metrô nas proximidades. O santuário abre à primeira luz e fecha ao anoitecer. Esta atração está sempre ocupada e há muito o que fazer. Há vários feriados e festivais celebrados no santuário todos os anos. Os mais importantes são o Festival da Flor de Outono e o Festival de Ano Novo. Muitas vezes há exibições da cultura tradicional japonesa, incluindo arco e flecha a cavalo perto do santuário. Não há entrada para o santuário e seus jardins. É possível participar das atividades xintoístas, mas os visitantes devem agir de maneira respeitosa. Há muitas opções de acomodação perto do Santuário Meiji, mas podem ser muito caras.

Mulheres em trajes tradicionais japoneses durante um festival no Santuário Meiji em Tóquio ( Gilad / Adobe Stock)


O que fazer no maior parque de Tóquio e # x27s, Yoyogi

Provavelmente um dos meus lugares favoritos para visitar na área de Shinjuku. O Parque Yoyogi é o lugar para estar, não importa a época do ano.

O Parque Yoyogi é um grande parque de espaço aberto no distrito de Shinjuku, em Tóquio. É muitas vezes referido como uma "joia escondida" porque oferece vistas tão serenas e bonitas que muitas pessoas não sabem sobre ele ou o visitam com frequência. Tem muito espaço para piqueniques, empinar pipas, praticar esportes e simplesmente relaxar na grama com os amigos.

Aqui estão algumas das melhores coisas para fazer no Parque Yoyogi em Tóquio, incluindo atividades para casais e famílias! É um lugar divertido para todos.


VIAJANTE

  • Viajou: novembro de 2016 Stephen Schreck
    Residir nos EUA
  • Viajou: novembro de 2016 Benjamin Boas Tokyo Weekender Lighter Benjamin Boas
    Residir em
    País de origem: EUA

Aeroporto Internacional John F. Kennedy

& ltJAL & gt
O vôo foi muito bom. Eu voei de Nova York para a Ásia muitas vezes. Esta é a primeira vez que o vôo é direto. Isso acrescentou um excelente nível de conforto à viagem. As refeições e os funcionários foram excelentes. Senti-me muito confortável durante o voo, e o fato de ser um voo direto me permitiu dormir sem ser perturbado durante todo o trajeto, o que facilitou o enfrentamento do jet lag.

Aeroporto Internacional de Narita


O charme de Meiji Jingu e os destaques

Há muitos destaques em Meiji Jingu. Entre eles, Kiyomasa no Masai, que dizem ter sido escavado por Kiyomasa KATO e Kiyomasa KATO, é um dos locais populares. No jardim, é famoso por sua bela íris em Junho todos os anos, mas é um local onde se pode sentir uma natureza diferente das quatro estações.

Na área mais ao norte do templo, você pode ver a casa do tesouro. Este é um bom lugar para visitar um lugar conhecido como um dos pontos de energia mais famosos de Tóquio. No entanto, é apenas aos sábados e domingos que você pode ver a casa do tesouro, portanto, tome cuidado para não deixá-la vazia. Além disso, há uma grande variedade de festivais e eventos, como o Dohyo-iri do sumo Yokozuna e o festival das crianças.

A entrada do Santuário Meiji Jingu é gratuita, mas o jardim do Santuário Meiji Jingu está pago. Eu & # 8217d gostaria de pagar 500 ienes pela manutenção e cooperação da família Imperial. Além disso, em Meiji Jingu Gyoen, o horário de funcionamento varia dependendo da época, de março a outubro, das 9h00 às 16h30, aos sábados e domingos às 18h00 e das 9h00 às 16h00 de novembro a fevereiro. E quanto à tesouraria, nós precisamos de 500 ienes como um fundo de cooperação para manutenção de instalações, por isso pedimos que coopere conosco.

Vários benefícios, como satisfação amorosa e prosperidade nos negócios

Ele era conhecido como Imperador Meiji e a Imperatriz Viúva Akinori, que foram consagrados no Santuário Meiji Jingu, e era conhecido como um casal que era muito próximo a ele durante sua vida. Portanto, é dito que se você for a Meiji Jingu, há uma boa sorte de realização amorosa e boa sorte. Além disso, é famoso como um santuário que oferece vários benefícios, como prosperidade nos negócios e aceitação da passagem.

Meiji-jingu Limited Express

Este é um goshuincho original com um estilo simples e elegante. O tecido lustroso transborda com um toque de alta classe. No & # 8217 Kaguraden & # 8217, no lado direito do corredor principal, há um lugar onde você pode encontrar o lugar .Então você pode comprá-lo com 1000 ienes (imposto incluso).

Muitas pessoas que desejam dar um selo de Goshuinin são visitadas nos feriados e assim por diante. Nessa época, um lugar extraordinário será montado, então verifique. Recentemente, parece haver um boom no boom de Goshuinjo, e parece que o lugar onde o presente está muito lotado fica bem lotado. Pode demorar muito para conseguir um selo na tarde dos feriados, então recomendo o dia da semana pela manhã, se possível.

O que me preocupa é o desenho de Goshuinin. É um desenho muito simples e posso sentir a dignidade de um santuário representando o Japão, mas às vezes noto quando olho para o selo de Goshuin. As letras de & # 8220Miya & # 8221 em Meiji Jingu são diferentes daqueles em caracteres gerais. Em Meiji Jingu, são usados ​​caracteres kanji com os caracteres & # 8220No & # 8221 em todas as notações, como HP oficial, Amuletos, Omikuji, etc.

A nota da sorte

Se você olhar para Omikuji no Santuário Meiji-jingu, você vai pensar sobre isso. Não há nenhuma notação em Omikuji de Meiji Jingu de que deveria haver Omikuji, Yoshi e má sorte. Em vez disso, o & # 8220Tanka & # 8221 escrito pelo Imperador Meiji e a Imperatriz do Imperador Meiji foi escrita.

Existem vários poemas do imperador Meiji e da esposa do imperador, e há 30 poemas que são adequados para o Omikuji, e eles são escritos no Omikuji e escritos no Omikuji. Não consigo ler isso. Posso entender o conteúdo direito porque tem um comentário sobre a linguagem moderna.

Então, por que você não classifica os deslizes da sorte? A razão para isso é que eles queriam fazer Omikuji diferente dos outros santuários. Antes da guerra, Omikuji não era controlado em um santuário nacional. Após a guerra, Meiji Jingu não era mais o estado, então Omikuji foi emitido. Nesse momento, o estilo Omikuji do estilo Tanka será concluído.

O sino & # 8220Kodama & # 8221

O sino & # 8220Kodama & # 8221 feito da árvore sagrada do Santuário Meiji-jingu

Já se passaram quase 100 anos desde que o Santuário Meiji Jingu foi construído. Existem muitas árvores que foram cortadas pelo vento ou pela chuva, ou tiveram que cortar devido a um longo período de tempo.

O sino Kaizenki é usado como amuleto como amuleto para o sino de madeira. O tom do sino é muito bonito, e a madeira e a cor são diferentes dependendo da madeira usada. Por que você não tenta pegar o primeiro, o sino sino, sem a mesma coisa do mundo?

& # 8220Defesa recíproca & # 8221

A proteção Sowa é um amuleto da sorte que é um dos 2. É um amuleto criado após o marido e a esposa Kusunoki, que também é uma árvore sagrada de Meiji Jingu. Tsuma Kusunoki se refere às 2 árvores de cânfora que foram apresentadas no época do estabelecimento do Santuário Meiji Jingu & # 8217.A proteção da harmonia é embebida com o aroma do marido e da esposa Kusunoki, e a boa fragrância da cânfora está flutuando apenas por usá-la. É um amuleto que é abençoado com a segurança da família e a boa sorte dos casais.

Pontos de poder de cura natural

É famoso por seus muitos convidados da primeira visita de Meiji Jingu e Ano Novo ao Japão, mas também é conhecido como um dos melhores pontos de energia em Tóquio. É especialmente um local com grande poder e tem um grande efeito , mas pode sofrer efeitos negativos se você não prestar atenção a ele.

O poder que você recebe no Santuário Meiji Jingu tem cura e purificação, e o relacionamento entre os homens e mulheres & # 8217s homens e mulheres tem o melhor efeito no efeito de cura. Em termos de purificação, o poder de aumentar o poder mental e renovar a vida de um novo torna-se evidente. Apenas caminhando na floresta de Meiji Jingu, o poder das árvores ajuda a purificar a mente e o corpo.

Poço de água de nascente & # 8220Kiyono Masai & # 8221

& # 8220Kiyo Masai no Mikoto & # 8221 também é conhecido como um local de muita sorte. É um poço de água de nascente no jardim, e os poços do tipo de água de nascente são muito raros na cidade. apresentado em vários meios de comunicação, é tão popular que os ingressos numerados são distribuídos durante o período em que muitas pessoas se reúnem, como a primeira visita ao ano novo & # 8217s. Este lugar era originalmente propriedade da família Kato.

Acredita-se que este poço tenha sido cavado por Kiyomasa KATO, também conhecido como o deus da engenharia civil. A temperatura da água é de cerca de 15 graus Celsius por 1 ano, e a média de 60 litros de água por minuto parece jorrar sem interrupção (pesquisa de Tóquio). É bem conhecido pela famosa nascente de água em Tóquio.

Há algo que você precisa ter cuidado ao visitar Kiyo Masai.Kiyo Masai é considerado o local de & # 8217 Kanko & # 8217, que está claramente dividido em onmyo. Geralmente é um forte efeito de purificação por água fervente, mas por favor esteja ciente de que fica fácil ter um mau pressentimento quando você vai ao pôr do sol ou dia chuvoso onde a sombra está cheia, por isso tome cuidado.

A água limpa tem o poder de acalmar. Ouvi dizer que você terá mais sorte se esperar por um telefone celular, então adoraria que você o visitasse, então que tal um?

Pedras em forma de tartaruga & # 8220Turtle Stone & # 8221

O novo ponto de poder no Santuário Meiji Jingu é a Pedra da Tartaruga. É uma grande rocha que está localizada na frente da lagoa e fica na frente da lagoa quando você vai para o salão do tesouro pela saída oeste e vai para o salão do tesouro. É uma rocha normal à primeira vista, mas parece uma grande tartaruga quando vista de diferentes ângulos. É uma verificação obrigatória para uma tartaruga, pedra da sorte, um símbolo de longevidade e sorte, e uma pedra da sorte. Ouvi dizer que se eu esperar aqui, minha fortuna aumentará.

Eventos eventos e eventos onde a felicidade é sentida ao lado do evento

Em Meiji Jingu, vários festivais formais são realizados ao longo de 1 ano. Oramos pela felicidade e pela paz do mundo e pela paz do mundo com festivais formais como o & # 8220Monthly Festival & # 8221 e o & # 8220Omiishi Matsuri. & # 8221.

Pré-zen-Raising

Cercados por uma rica floresta no recinto de um grande Santuário Meiji, a noiva e o noivo são guiados pelo padre Shinto e pelo padre Shinto, e a noiva e o noivo são muito solenes e sagrados, por isso é uma atmosfera muito solene e sagrada.

A maneira como você caminha lentamente com sua família, parentes e entes queridos é o cenário de uma bela cerimônia de casamento no Japão. visualizar.

7 5 3

Uma das cerimônias transitórias que tem sido transmitida ao povo japonês desde os tempos antigos é 7 5 3. Em Meiji Jingu, também há ocasiões para orar por 7 5 3 visitas a qualquer momento. Graças a Deus pelo crescimento saudável de seus preciosos filhos e ore. Durante o sétimo quinto terceiro período (de outubro a novembro), você também pode obter uma lembrança que as crianças adoram.

Spring Big Festival

No festival da primavera, vários festivais são oferecidos. Você pode conhecer uma história da cultura tradicional que não pode ser vista facilmente, como as artes cênicas japonesas tradicionais, como gagaku, Noh, kyogen, nagauta e gagaku. Você pode ver de graça, então vamos visitá-lo com uma sensação confortável.

Festival Memorial do Enshrinement

É um festival memorial para comemorar o dia da consagração em 1 de novembro de 1920. É uma das cerimônias comemorativas realizadas todos os anos. Neste festival memorial, & # 8220Yoyogi no Mai & # 8221 (A dança de Yoyogi) e Meiji Jingu O santuário original é executado por Miko. Além da dança, a dança tradicional japonesa, como Kyogen (dança tradicional japonesa) e Kyogen (dança tradicional japonesa), também pode ser vista, então o festival se tornou um festival popular entre os estrangeiros.

Bonecos do festival obrigado

Em Meiji Jingu, & # 8220Ningyo Thanksgiving & # 8221 (Doll Thanksgiving) é realizado todos os anos para expressar meu apreço pelas bonecas. Não consigo descartar facilmente as bonecas das quais cuido há muito tempo. Você pode pagar as bonecas que você tem passado com sua família como uma família de gratidão. Pelo padre xintoísta, o exorcismo da boneca é realizado solenemente. Qualquer pessoa que tenha uma boneca pode participar dele.

Solene & # 8220Otorii & # 8221

Na entrada para a entrada sul está um grande torii, e sua figura digna é exatamente um dos edifícios que representam o Santuário Meiji Jingu. É um torii com uma altura de 12 m, uma coluna de 9,1 m, um diâmetro de coluna de 1,2 m, um comprimento de 17 m e seu peso de 13 t. Este Torii é conhecido como o torii, que é o maior do Japão. Ficando em frente ao Otorii, você pode sentir a atmosfera misteriosa como se estivesse entrando em um lugar sagrado de agora em diante .

O primeiro Otorii foi danificado devido a um raio em 1966 (1966). O atual Otorii é o segundo torii, e foi reconstruído em dezembro de 1975 em dezembro de 1975. O cipreste usado no atual torii é feito em Taiwan, e é disse que foi transportado de Taiwan pelo maravilhoso cipreste que tinha 1.500 anos.

Os ciprestes japoneses que eram tão grandes naquela época não estavam disponíveis no Japão. No torii, você pode ver o & # 822016 folhas 8 crisântemo pesado & # 8221 que é uma crista da família imperial. O caminho de peregrinação por este Otorii e passando pela entrada sul é uma zona forte para expectativas de boa sorte.

O símbolo dos casais: & # 8220Sanboku Kusunoki & # 8221

As 2 árvores de cânfora estão de pé em frente ao salão de culto. Como parece que um casal está perto um do outro, boa sorte, casais, segurança familiar e outros benefícios podem ser desfrutados. Depois de visitar o salão de culto, fique na frente do marido e do noivo, e curve-se em direção ao salão de adoração e curve-se. Então é dito que há uma boa fortuna.

As 2 árvores de cânfora que foram apresentadas na época do estabelecimento do Santuário Meiji Jingu & # 8217s em 1920, e as árvores de cânfora que subiram ao trono em 100 anos chegaram ao final do ano em 1920. Devido à amizade entre o Imperador Meiji, A imperatriz viúva Akinori e a imperatriz viúva Akinori eram muito boas, tornou-se popular como um símbolo de casamento, casais e segurança familiar.

Entre os pontos de poder no recinto de Meiji Jingu, é um dos locais mais populares. Quando eu olho para o casal & # 8217s kusunoki, os galhos das grandes árvores 1 ficam grudados e parecem uma grande árvore. Antes e depois do adoração do salão principal e do santuário principal, junte-se à árvore sagrada e ore por boa sorte.

& # 8220Carril de vinho & # 8221

Um barril de saquê dedicado que é frequentemente visto em um santuário regular. A mesma cena pode ser vista em Meiji Jingu, mas os barris de vinho também são oferecidos separadamente. Foi apresentado ao Imperador Meiji, que gostava de vinho, do famoso local de produção de vinho na região da Borgonha, na França, e das cervejarias no Japão.
A gentil coexistência de japoneses e ocidentais é uma expressão generosa do Santuário Meiji. Este é um dos pontos turísticos mais populares, voltado para jovens e turistas.

O imperador Meiji nasceu como o segundo príncipe do imperador Komei. Ele é famoso por seu interesse na cultura ocidental e como um pioneiro na incorporação ativa da cultura ocidental no Japão. Há também uma anedota sobre a barba do imperador Meiji.

No Japão, não havia cultura de crescimento de barba, mas o imperador foi capaz de expressar a cultura ocidental estendendo sua barba. No lado oposto de um barril de vinho, um saquê comum também é oferecido. Você pode ver os barris de vinho de saquê e sake no lugar onde você vai direto do Otorii.

88 graus de & # 8220 ângulo de giro e Masugata & # 8221

derivado de Suehiro
Caminhando ao longo do caminho em direção ao corredor principal, há um ponto de boa sorte escondido ao longo do caminho. É um ângulo de viragem muito comum. Este canto é chamado de & # 8220Masugata & # 8221, mas seu ângulo é de 88 graus em vez de 90 graus à direita ângulos. & # 8221Masugata & # 8221 está chamando a atenção porque é um canto onde dois sortudos & # 82208 & # 8221 estão alinhados. É um local que duplica a melhor sorte ao passar pelo canto de virada da sorte desde a chegada e retornar ao santuário.

Itens escondidos no templo [Coração da Felicidade]

Acho que existem muitos santuários chamados de lugares sagrados e lugares sagrados. Muitas pessoas têm noções pré-concebidas. No entanto, o Santuário Meiji-Jingu, que é um representante do santuário, pode ser visto em muitos lugares onde não se pode dizer que é muito semelhante ao santuário.

A marca de coração e a marca de coração no portão e na parede de Meiji Jingu são muito fofos, não são? Se você não olhar em volta de perto, é difícil de entender, então verifique o portão e a parede cuidadosamente .A procura de marcas de coração no santuário Meiji, é bastante popular.

Itens ocultos chamados & # 8220Coração da felicidade & # 8221 estão escondidos em todos os portões, soleiras e paredes do Santuário Meiji Jingu. É um plano exclusivo de Meiji Jingu, famoso pela realização do amor. Um grande número de pessoas venha ver o & # 8220Coração da Felicidade & # 8221, e muitos deles estão visitando muitas mulheres em casamento. aumente a sorte do amor toda vez que encontrá-la.


Destaques

  • Visite o magnífico Castelo de Osaka e o movimentado distrito de Dotonbori, com a oportunidade de provar os pratos locais favoritos de Osaka.
  • Faça um curto passeio de balsa até a Ilha Miyajima para ver o famoso torii flutuante, aclamado pelos japoneses como uma das três vistas mais belas do país.
  • Veja 2 locais do Patrimônio Mundial da UNESCO de Kyoto, o Templo Kinkakuji e o Castelo Nijo, antes de terminar o dia na 'Cozinha de Kyoto', o animado Mercado Nishiki.
  • Siga o Caminho do Filósofo, um agradável caminho de pedra que começa ao redor de Ginkakuji (o Pavilhão Prateado) e termina no bairro de Nanzenji.
  • Explore as ruelas dos distritos de gueixas de Kyoto com um importante especialista estrangeiro em cultura de gueixas e saboreie um chá verde matcha em uma casa de chá particular na companhia de uma maiko ou geiko.
  • Participe de uma autêntica cerimônia do chá e dê um passeio por Omotesando, comumente conhecido como Champs-Elysees de Tóquio.
  • Prove petiscos preparados na hora no Mercado Externo de Tsukiji e participe de uma aula de preparo de sushi em uma casa local.

Dia 3

Hotel Metropolitan Sendai

  • Annette White

& ltSendai City Asaichi Market & gt
Andar pelo beco estreito do mercado de Asaichi me fez desejar ter uma cozinha para poder comprar e cozinhar todos os alimentos frescos! A parada mais deliciosa foi para uma barraca de crouquete de batata onde eles estavam fritando bem diante de seus olhos.

& ltSendai City Asaichi (manhã) mercado Ameyoko Marketplace & gt
Pela manhã, nós seguimos para Asaichi, o mercado matinal. Asaichi parecia ser um lugar muito popular para fazer compras, pois estava cheio de pessoas quando chegamos às 9h. Eu não conseguia imaginar o custo de um cacho de tomates na videira, que custava menos da metade do preço do meu supermercado local em Tóquio.

Linha JR Senzan
Estação Sendai → Estação Sakunami
Apenas 30 minutos
* Use Sendai Marugoto Pass (viagens ilimitadas por dois dias).

O Nikka Whiskey Sendai Factory Miyagikyo Distillery MAP

A Nikka Whiskey Sendai Factory Miyagikyo Distillery mais

  • Annette White

& ltNIKKA WHISKEY Miyagikyo Distillery & gt
Quando chegamos lá, fiquei imediatamente impressionado com o terreno bem cuidado, incluindo um lago com o logotipo da destilaria em um barril exposto na frente dele. É o lugar perfeito para tirar aquela foto de lembrança! O passeio levou um grupo de nós por diferentes estágios e edifícios de produção.

& ltNIKKA WHISKEY Miyagikyo Distillery & gt
A Destilaria de Whisky Nikka foi um ótimo local para os amantes de whisky, pois eles puderam ver como sua bebida favorita é criada. A oportunidade de sentir o cheiro do whisky em diferentes estágios, de ver os barris e os tanques onde são feitos e, claro, poder provar o produto e comprar no final é uma experiência positiva no final do passeio. .

Linha JR Senzan
Estação Sakunami → Estação Ayashi
15 minutos

Ônibus municipal de Sendai
Estação Ayashi → Akiu Bunka no Sato Center
15 minutos
Caminhe 20 minutos

MAPA de Akiu Kogei no Sato (Parque de Artesanato de Akiu)

Akiu Kogei no Sato (Parque de Artesanato de Akiu) mais

  • Annette White

& ltAkiu craft park & ​​gt
O Akiu Craft Park é um lugar incrível onde se tenta manter viva a tradição do artesanato. Eles têm 9 tipos de artesanato no parque, e eu aprendi a fazer uma boneca Kokeshi tradicional. A pintura foi feita em uma sala privada que foi montada com bonecos de amostra e quatro cores para escolher entre verde, preto, amarelo e vermelho.

& ltAkiu winery & gt
Esta visita foi rapidamente memorável quando ouvimos o motivo de sua criação. O arquiteto proprietário queria ajudar a reconstruir Sendai após o desastre do terremoto e do tsunami em 2011. Sua ideia era combinar vinho com ostras (a dupla perfeita!).

& ltRairaikyo iluminar & gt
Fomos para Rairaikyou para participar de um evento diferente de tudo o que eu já tinha visto antes - o light up. É quando uma pequena área de floresta é iluminada e você pode passear por um caminho arborizado brilhante. Começamos em um pequeno shopping center, depois descemos as escadas para a floresta. Parecia um mundo diferente!

& ltAkiu craft park & ​​gt
Eu realmente gosto de pintar e esta foi uma experiência relaxante. Embora a linguagem possa deixar algumas pessoas nervosas, ela foi incrivelmente paciente e havia um guia na parede que ajuda a entender visualmente as etapas. Mas, o mais importante, ela sugeriu não se preocupar em ser perfeita. Estou ansioso para ver minha boneca em alguns anos, pois a cor se torna um marrom mais rico com a idade.

& ltAkiu winery & gt
Tivemos uma oportunidade incrível de conversar com o proprietário e fundador da Vinícola Akiu sobre sua missão de ajudar nos esforços de recuperação da área, uma videira por vez. O vinho é engarrafado assim como parte das uvas penduradas para secar no sótão. Foi realmente uma experiência única ver em primeira mão como eles estão trabalhando duro para fazer de Sendai a próxima grande área para o vinho japonês. O sabor do vinho variou de fresco e fruta a mais complexo e ousado, até mesmo com notas de geleia de frutas.

& ltRairaik você acende & gt
Fascinante foi o Desfiladeiro Rairaikyo, a visão do evento light up. O desfiladeiro também era bem iluminado e o cenário simplesmente deslumbrante, atraindo moradores e viajantes.

Akiu Kogei no Sato → Iwanumaya
Andar
20 minutos


Jardins e # 038 Galerias do Japão

“Um passeio de luxo repleto de riqueza hortícola, zen espiritual e cultura preservada em vários locais e museus do Patrimônio Mundial da UNESCO, com visitas aos melhores jardins japoneses e galerias de arte premiadas”

Gardens & amp Galleries of Japan é um passeio único que leva você aos melhores jardins japoneses e galerias de arte premiadas. Você experimentará não só a incrível beleza desses jardins, mas também as deslumbrantes paisagens naturais que marcam seu design. Nossos especialistas em jardins japoneses irão acompanhá-lo explicando os conceitos e a execução dos diferentes estilos de jardins japoneses.

Itinerário

Jardins e galerias - Visão geral do vídeo

Dia 1: Tóquio (3 noites)

Chegue em um dos aeroportos internacionais de Tóquio (Haneda ou Narita). Recebido pela equipe do transfer na chegada e levado ao seu hotel em Tóquio. Você terá tempo livre em Tóquio até a orientação da excursão naquela noite, onde você encontrará o seu líder de excursão e o resto do grupo. Desfrute de um jantar de boas-vindas no local izakayade estilo japonês casual restaurante.

Alojamento: Hotel Chinzanso 5 * (ou similar)

Dia 2: Turismo em Tóquio

Hoje você vai viajar por Tóquio como um local com nosso guia local especializado. Comece com uma visita ao Jardim Hamariyku e ao famoso mercado de peixes de Tsukiji, onde você pode explorar o mercado e os arredores e provar alguns dos sashimis mais frescos que se possa imaginar. Em seguida, você visitará o Templo Asakusa Kannon, o templo mais antigo e importante de Tóquio. Localizado no distrito de Asakusa, em Tóquio, oferece um verdadeiro sabor da cidade velha e do lado tradicional do # 8217.

De Asakusa, continue após o almoço até um dos santuários mais populares de todo o Japão, Meiji Jingu. Perto de Yoyogi e Harajuku, o Santuário Meiji é um oásis de calma, enclausurado no centro de uma floresta perene de 120.000 árvores de 365 espécies diferentes. Termine no icônico & # 8216Scramble Crossing & # 8217 de Shibuya, onde você pode observar as ondas de pessoas passando por este famoso cruzamento ou juntar-se à multidão!

Alojamento: Hotel Chinzanso 5 * (ou similar)

Dia 3: Kamakura (viagem de um dia)

Kamakura está localizada a uma hora da estação de Tóquio na linha JR Yokosuka. Esta encantadora cidade costeira foi capital do Japão entre 1185 e 1333, um período turbulento e sangrento na história do Japão. Hoje Kamakura é um paraíso de tranquilidade e lar de muitos templos e santuários isolados que, depois de deixar a principal rota turística, geralmente você terá para si mesmo.

Engaku-ji é um dos principais templos Zen no Japão e o segundo mais importante dos cinco grandes templos Zen Kamakura & # 8217s. Construído nas encostas das colinas florestadas de Kita-Kamakura & # 8217s e rodeado por árvores de bordo, Engaku-ji está situado em um ambiente deslumbrante. Há uma bela caminhada pelas colinas de Kita-Kamakura ao famoso Grande Buda no Templo Kotokuin. Ao longo do caminho, você pode visitar o santuário de lavagem de dinheiro, Zeniarai-benten, onde o dinheiro lavado nas águas sagradas duplica seu valor! Você também visitará o Templo de Hasedera, onde fica uma estátua de madeira de 11 cabeças de Kannon, esculpida à mão pelos monges do templo. Desfrute de vistas deslumbrantes da Baía de Kamakura e certifique-se de explorar o incrível templo-caverna subterrâneo. À noite, retornaremos a Tóquio e desfrutaremos de algum tempo livre na capital.

Alojamento: Chinzanso 5 * Hotel (ou similar)

Dia 4: Kanazawa (1 noite)

Você começará a usar seu Japan Rail Pass hoje para fazer a transferência para Kanazawa, uma linda cidade pequena perto da costa do Mar do Japão. Até a virada do século, Kanazawa era a 4ª maior cidade do Japão. No entanto, sua riqueza foi construída na produção de arroz e artesanato tradicional, como tecelagem e folha de ouro e, com a industrialização em grande escala do país, Kanazawa ficou um pouco para trás. Hoje a cidade está florescendo novamente e ainda mantém todo o seu charme antigo. Existem vários pequenos bairros de gueixas e um onde se pode entrar numa velha casa de chá e ver onde os clientes se divertiam e até tomar chá (infelizmente já não servido por gueixas!). Há também casas de samurai, um templo ninja e a vista mais famosa da cidade, o belo jardim Kenroku-en classificado como um dos três melhores jardins de passeio em todo o Japão.

Em Kanazawa, você visitará o nostálgico bairro de Higashi Chaya, que não é diferente das antigas ruas de Kyoto, mas um pouco mais preservado: quase intocado, na verdade. Em seguida, vá para o jardim Kenroku-en ao lado do Castelo de Kanazawa para um passeio relaxante. À noite, você pode usar seu tempo livre para visitar o incrível Museu de Arte Contemporânea do Século 21 de Kanazawa.

Alojamento: Hotel Nikko Kanazawa (ou similar)

Dia 5: Kyoto (3 noites)

Hoje você fará baldeação para Kyoto de trem usando seu Japan Rail Pass.

Fluindo com a tradição, Kyoto é o destino final para quem deseja absorver a cultura japonesa consagrada pelo tempo. Home to a number of UNESCO World Heritage sites, over 1,600 Buddhist temples and 400 Shinto shrines, this ancient city showcases the heart and soul of traditional Japan. Kyoto boasts an array of world-class gardens, majestic festivals and delicate cuisine, all of which make much of the rhythms of nature and the changing of the seasons. On first glance however, visitors will see that like any large Japanese city, grid-like Kyoto has its fair share of neon and concrete. But the discerning eye will soon pick out Kyoto’s treasures: sacred shrines tucked in among shopping arcades, timeless teahouses nestling among modern businesses and mysterious geisha rustling down backstreets among the tourists and souvenirs. Kyoto’s charm lies in these details and whether you’re here for three days or three years, the closer you look, the more you’ll discover.

Your tour leader will guide through your introduction to Kyoto which includes: Saihouji Temple & Garden (subject to availability), Arashiyama scenic sightseeing, Torokko Train Ride and Nanzenji Evening Light-Up (Optional).

Alojamento: Okura Hotel Kyoto (or similar)

Day 6: Kyoto Full Day Private Tour

Prepare to be blown away today by Kyoto’s most spectacular sights: Kinkakuji Temple (Golden Pavillion), Kiyomizu Temple, and the Gion District famous for the geisha who live and work there. Our local guide really brings to life the history and culture of Japan’s ancient capital, providing great insight into special the character of this unique city.

  • Fushimi Inari Shrine
  • Temple of the Golden Pavilion
  • Ryoanji Temple
  • Lunch at a local restaurant
  • Kiyomizudera Temple
  • Gion District (Geisha district) Walk

Alojamento: Okura Hotel Kyoto (or similar)

Day 7: Free day in Kyoto / Optional day-trip to Nara OR Hiroshima & Miyajima Island

Today you can have a full day off from touring. Take a break from it all, or go see the sights in Kyoto that inspire you the most. Your guide will have discussed your options for today with you and there will be suggestions in your travel pack. There is the option of participating in an Ikebana workshop (Japanese flower arrangement) for those would like to try their hand at this elegant and refined art form.

Still full of energy and keen for more sightseeing? We recommend an optional day-trip to either Nara or Hiroshima & Miyajima Island.

Alojamento: Okura Hotel Kyoto (or similar)

Day 8: Matsue (2 nights)

Matsue, located in rural Shimane, is Japan’s best kept secret. So much so, in fact, that popular cartoon character Yoshida-kun frequently quips that no one in Japan can find Shimane on a map, even though the area is known as the birthplace of Japan and the home of the gods.

En route to Matsue, you will visit the stunning number one ranked Adachi Museum of Art Japanese Gardens in Yasugi. Here at Adachi you will have the chance to experience a traditional tea ceremony in the magical environs of the Juryu-an Garden Tea House. Other highlights include a delicious traditional kaiseki dinner at your ryokan and Lake Shinji’s fabulous sunsets.

Alojamento: Minamikan Ryokan (or similar)

Day 9: Matsue

On your guided day of Matsue, you will visit Yuushi-en garden on Daikonshima island, a traditional walk-through garden with carp-filled ponds, streams and waterfalls. In springtime you can expect to see the famous peonies. Then the Horikawa Sightseeing Boat offers a fascinating and unique perspective of Matsue Castle and the old-town area through its moat and canal network. Get a real sense of the atmosphere of this old castle town by walking along Shiomi Nawate street parallel to the moat. And you won’t want to miss the finely preserved buke yashiki or samurai residence. There are only twelve original castle structures remaining in Japan and Matsue Castle is one of the finest examples of these Edo Period feudal strongholds, having survived for over 400 years. In the evening you will enjoy another sumptuous kaiseki dinner at your ryokan.

Alojamento: Minamikan Ryokan (or similar)

Day 10: Tokyo (2 nights)

This morning you are in for a real treat. After your ryokan breakfast, you will be taken to one of the most sacred Shinto sites in Japan: Izumo Taisha Grand Shrine. In the afternoon you will travel to the airport for an internal flight back to Tokyo.

Alojamento: Grand Prince Hotel New Takanawa (or similar)

Day 11: Tokyo

Have a final day of leisure in Tokyo now to spend in the city as you like. Of course, you can discuss options and sample day itineraries with our travel consultants before departure and our group tour leader during your trip. As Tokyo has literally something for everyone, the challenge will not be finding something to do, but rather choosing between the many great options.

Alojamento: Grand Prince Hotel New Takanawa (or similar)

Day 12: Sayonara

The tour comes to an end after breakfast today and you will be provided with an airport transfer service from your hotel. If you would like to stay longer in Tokyo, you can discuss various post-tour options with your travel consultant.


Building an Eternal Forest

These three experts faced tremendous challenges in creating a tutelary forest in Tokyo that mirrored the untouched woods encircling Japan&rsquos most ancient shrines. As a sacred space, it needed to be pristine as well as self-generating so as to last forever. This required the trio to construct an ecological strategy to transform the site, which was taken up mainly by fields and grassland and contained only eight hectares of wooded area.

Uehara played a central role in determining what species of trees to plant. He travelled to 88 historic Shintō shrines around the country to study their forest environments and was even allowed onto the grounds of the burial mound of Emperor Nintoku to observe the natural conditions. He was particularly influenced by the ancient kofun, a massive key-hole shaped grave surrounded by a man-made moat, and other imperial burial mounds at the site, finding in these clues to building a self-sustaining forest. He noted that these were artificial structures, but over time they had come to be shrouded in primeval woodlands that &ldquofor centuries have endured without even the slightest intervention by humans.&rdquo

The planners set out several conditions for developing the forest. First, it was important that it be unbroken, with trees covering the entire area of the shrine, except around buildings and where paths for worshipers would be, creating a majestic and tranquil environment. It was equally vital that the forest mature naturally without human intervention and that people, even the managers of the site, not be allowed to enter or otherwise disturb the ecosystem. They insisted that plant litter and fallen trees be left on the forest floor to decay, where they would act as fertilizer and support the growth of mushrooms and other fungi, further enriching the soil. Similarly, trees would be allowed to regenerate naturally from seeds without supplemental planting.

In creating their plan, the group did not try to copy a particular forest type, but selected hardy, indigenous species of trees and plants that were suited to Tokyo&rsquos climate. Officials in the government and the Imperial Household Agency preferred that Japanese cedar and cypress be the dominant varieties. However, conditions were unsuitable for cedar, which required abundant water and was intolerant to the smoke and soot wafting in from the adjacent railroad. The group decided on a mixture of broad-leaf evergreens like camphor and oak and conifers like pine that would develop distinct canopy layers, similar to what Uehara had observed during his surveys.

In all, some 122,000 trees of 365 species were donated to the project, 95,000 from the public. These were shipped to Tokyo from around the country and transplanted by hand by roughly 110,000 volunteers.

Although the architects of the Meiji Shrine forest did not rely on modern scientific jargon, they had a firm grasp of how materials circle through ecosystems and the role the biological life cycle of insects, birds, and small animals plays in forest development. Using their expertise, they drew up a plan that envisioned four 50-year stages of development, starting from planting and culminating in a mature, self-generating forest dominated by broad-leafed evergreens.


An illustration of the different 50-year stages in Hongō Takanori&rsquos development manual for the Meiji Shrine forest. The project planners anticipated that broad-leaf evergreens like chinquapin, oak, and camphor would gradually replace pines and other conifers.


A giant wooden torii towers over the newly planted forest during the construction of Meiji Shrine.


A century later, the same torii is now shrouded by trees.


Early on, the paths through the shrine precinct were open to the sky.


Paths today are shaded by overhanging branches.


The giant torii at the southern entrance near Omotesandō during shrine construction.


One-hundred years on, the torii is now partially obscured from view.


Tokyo Temples

Tokyo temples and Tokyo shrines are located everywhere in the city. You are apt to come across a modest Shinto shrine on a street corner while shopping beneath skyscrapers in the modern Shibuya business district. If you are lucky enough to enjoy a home-hosted visit during your vacation, there will be a small household shrine even in the most humble of abodes. Temples and shrines are everywhere, and make perfect complements to the chaotic nature of a large city.

Tokyo temples and shrines are virtually never located together on the same grounds. They may be near each other and located in the same park, but they are clearly separate. This was not the case before the Meiji period of modernization that began in the mid-nineteenth century. Before this period, it was fairly normal for temples and shrines to be mixed, including both Shinto and Zen Buddhist sacred sites. Some even contained Christian sites. However, the Meiji Emperor decreed that they be separated. The Myogonji Temple is one of the rare exceptions, housing both a Shinto shrine and a Buddhist temple.

The Ekoin Temple is another unique temple that was built to honor the more than 100,000 victims of the Great Fire of Meirki in 1657. The fire burned for several days and destroyed a great part of the city. On the sixth day of the fire, bodies were transported to an area along the Sumida River and buried. The Ekoin was dedicated to them on that site. Traditionally, Sumo wrestling matches were held on the temple grounds, and some say that wrestlers would leave their topknots in the temple when they retired. Sumo matches are still popular events in Japan, and a modern wrestling stadium has been built nearby. When you visit, you may see wrestlers entering or leaving the stadium dressed in their traditional outfits.

Tokyo Map

The Meiji Shrine is dedicated to the spirits of Emperor Meiji and the Empress Shoken, his consort. It is one of the most popular of the Tokyo shrines both for locals and visitors alike. If your sightseeing tours bring you here, you are quite likely to see a traditional Japanese wedding. The Meiji Shrine is often used for special events like weddings, as well as festivals and other public occasions. The emperor to whom the shrine is dedicated was born in 1852 and was the first ruler of what is considered modern Japan. It was completed in 1920, eight years after the emperor died, and consists of two parts: the outer gardens (Gaien) that are often used for weddings and the inner gardens that house a Treasure Museum where the emperor and his consort are interred. You will enjoy walking through the park, which has hundreds of trees and encompasses 175 acres.

The Meiji Shrine is very accessible by subways and trains, and is very close to the Shinjuku Station as well as to the many Shibuya hotels. Not far away are the Asakusa Shrine and the Sensoji Temple&mdashboth located in a large park with lovely gardens and trees that are beautiful during the spring cherry blossoms viewing time. These are among the most important Tokyo temples and shrines and very popular with tourists. Asakusa is the city&rsquos oldest temple, dating to the seventh century. The Sanja Matsura (Festival) is held here in the spring, and Sensoji Temple is known for its several graceful gates. This has historically been a time of Shinto pilgrimage. Traditionally, pilgrims would purchase a variety of items in shops and stalls as they approached the temple, and this area is still a bustling shopping mecca, where you can purchase everything from fans and kimono to tee shirts and Godzilla toys.

Other important Tokyo shrines and temples include the Gokuku-ji Temple in the Bunkyo District, Zozoji Temple near the Toyko Tower, and the Tsukiji Temple near the famous Tsukiji Fish Market.


Destaques

Osaka Castle Park, a leisure oasis in the bustling city

Osaka Castle Park is a renowned landmark and should be a tourist stop for all first-time visitors. Once you arrive at Osaka Castle Park, you will be bewildered by the plain and tranquil urban oasis covering 100 hectares in the middle of modernized downtown Osaka. You can explore Tenshukaku, one of the three well-known castles in Japan, as well as Nishinomaru Garden, a famous spot for viewing sakura due to its 600 sakura trees. You can also visit Plum Forest, which is home to approximately 1,270 plum trees of over a hundred varieties.

The sceneries change with the season—all of which are beautiful and enjoyable. During the sakura season in Nishinomaru Garden, both locals and tourists sit under sakura trees, drinking and chatting happily. Climb up to Tenshukaku for a panoramic view of Osaka, or stand beside the city moat and listen to the river murmuring, surrounded by fragrant flowers and singing birds. 櫻花季的大阪城|Photo by wenbin
Drinking a glass of butter beer at Osaka USJ Universal Studios

Foodies’ trip to Osaka, a tour of World’s No.1 Kitchen

Food is the soul of any Osaka tour. Locals usually refer to Osaka as the World’s No.1 Kitchen. You must treat yourself to all kinds of dishes once you are there! Dotonbori is a one-stop shop for Osaka delicacies. It offers Japanese dishes such as the famous Douraku crab, globefish, Kansai style Okonomi-yaki, and octopus balls. If you are more interested in exploring the origin of Japanese dishes and special ingredients, then make Kuromon market your destination! As the largest port for seafood distribution, the market 600 meters long gathers over 170 stores selling the freshest food ingredients. It is a wonderful place to experience daily Osaka life and enjoy the food the city is known for. Dotonbori

One-stop shopping destination from city center to Rinku Premium Outlets

As a world class metropolis, Osaka is also famous for shopping. The constantly crowded Shinsaibashi is the perfect place for purchasing Japanese cosmeceuticals. With Shinsaibashi-suji as its center, the roofed street reaches Nagaholidooli in the north and Dotonbori in the south. It is a one-stop destination for shopping and eating. The massive business area of Umeda houses three large department stores, and is also home to the largest underground commercial street, the HEP Five sky wheel, and Grand Front Osaka—the latest landmark. Here’s a tip: You can enjoy more discounts after tax refund by using department store coupons! GRAND FRONT OSAKA


Assista o vídeo: Japan Shocked! Typhoon Mindulle hits Hachijo Island, Tokyo (Janeiro 2022).