Notícia

Alger-DE-101 - História

Alger-DE-101 - História

Alger

(DE-101: dp. 1.240; 1. 300 '; b. 36'10 "; dr. 11'; s. 19,5 k .; a. 3 3", 2
40 mm., 8 20 mm., 2 atos., 8 dep., 3 21 "tt .; cl. Canhão)

Alger (DE-101) foi estabelecido em 2 de janeiro de 1943 pela Dravo Corp., Wilmington, Del., Lançado em 8 de julho de 1943, patrocinado pela Srta. Louisa Rodgers Alger e comissionado no Philadel- Navy Yard em 12 de novembro de 1943, Tenente Comdr. W. F. Porter no comando.

Em 30 de novembro, a escolta de destróieres partiu para as Bermudas e fez o shakedown. Ela retornou à Filadélfia para disponibilidade pós-extinção, depois rumou para o Caribe em 15 de janeiro de 1944 e chegou a Trinidad em 21 de janeiro. Lá, ela foi designada para o Grupo de Trabalho (TG) 42.5 e partiu no dia 31 na tela de um comboio com destino a Recife, Brasil. Durante o percurso, Alger colidiu com um navio mercante e sofreu pequenos danos em seu arco. No entanto, ela seguiu para o Brasil e chegou ao Recife em 14 de fevereiro.

Ao chegar lá, o navio foi destacado para o TG 41.5 para patrulha ao longo da costa brasileira, que cumpriu até 1º de junho. Naquele dia, Alger partiu de Recife para escoltar um comboio até Trinidad. Chegou àquela ilha no dia 8 de junho e embarcou de volta ao Recife com outro comboio.

Em 17 de julho, Alger se juntou à tela das Salomão (CVE-67) e navegou para exercícios de guerra anti-submarino na costa do Brasil. Ela então retomou o serviço de patrulha e continuou esse trabalho durante a maior parte de novembro. Alger encontrou-se no mar no último dia do mês com o TG 42.3 e acompanhou um comboio até o Rio de Janeiro.

Em 28 de dezembro, o navio partiu de Recife para escoltar outro comboio para Trinidad, mas voltou a Recife em 30 de janeiro de 1945. No dia seguinte, Alger foi dispensada das funções operacionais em preparação para sua transferência ao governo do Brasil por empréstimo.

Após várias inspeções e exercícios no mar, Alger deixou Recife no dia 23 de fevereiro e atracou no mesmo dia no Natal Brasil. Em 10 de março de 1945, Alger foi desativado e emprestado à Marinha do Brasil. Seu nome foi retirado da lista da Marinha em 20 de julho de 1953, e o título do navio foi transferido imediatamente para o governo do Brasil.


Assista o vídeo: ALGER - ALGIERS 1970 الجزائر العاصمة (Dezembro 2021).