Notícia

Paragua PG - História

Paragua PG - História

Paragua

(PG: dp. 243,1. 115'3 "; b. 17'10", dr. 6'6 ", v. 10 k., Cpl. 30 a. 1 6-pdr., 3 3-pdr. , 21 pdr.)

Paragua, uma canhoneira dupla rosca com casco de ferro e cordame de escuna, foi construída por Manila Ship Co., Cavite, P.I. em março de 1887 e lançado para a Marinha espanhola em janeiro de 1888.

Assumida pela Marinha dos Estados Unidos, ela comissionou em 29 de maio de 1899 e assumiu as funções de navio patrulha. Paragua e outras unidades trabalharam em estreita colaboração com o exército americano, patrulhando as águas filipinas em um esforço para impedir o envio de armas aos insurgentes filipinos. O comércio entre as ilhas foi policiado e a pirataria suprimida.

A Marinha forneceu apoio costeiro ativo no arquipélago filipino durante a realização da Pacificação e além. O Secretário da Marinha comentou favoravelmente os valiosos serviços prestados por pequenas canhoneiras como o Paragua e elogiou-a como exemplo de cooperação interserviços.

Paragua descomissionado em 19 de abril de 1911 em Cavite, P.I., foi retirado da Lista da Marinha em 17 de junho e vendido.


Papua Nova Guiné

Religiões: Católico Romano 27%, Protestante 69,4% (Evangélico Luterano 19,5%, Igreja Unida 11,5%, Adventista do Sétimo Dia 10%, Pentecostal 8,6%, Aliança Evangélica 5,2%, Anglicano 3,2%, Batista 2,5%, outro Protestante 8,9%), Baha 'i 0,3%, crenças indígenas e outros 3,3% (censo de 2000)

Taxa de alfabetização: 62,4% (2011 est.)

Resumo econômico: PIB / PPP (2013 est.): $ 19,96 bilhões per capita $ 2.900. Taxa de crescimento real: 5.4%. Inflação: 3.8%. Desemprego: 1.9% (2008). Terra arável: 0.65%. Agricultura: café, cacau, copra, caroço de palma, chá, açúcar, borracha, batata doce, fruta, vegetais, baunilha, marisco, aves, porco. Força de trabalho: 4,077 milhões (2013 est.) Agricultura 27,6%, indústria 39,1%, serviços 33,3%. Indústrias: esmagamento de copra, processamento de óleo de palma, produção de madeira compensada, produção de lascas de madeira, mineração de ouro, prata e cobre, produção de petróleo bruto, construção de refino de petróleo, turismo. Recursos naturais: ouro, cobre, prata, gás natural, madeira, petróleo, pesca. Exportações: $ 5,392 bilhões (est. 2013): óleo, ouro, minério de cobre, toras, óleo de palma, café, cacau, lagostim, camarão. Importações: $ 4,587 bilhões (est. 2013): máquinas e equipamentos de transporte, produtos manufaturados, alimentos, combustíveis, produtos químicos. Principais parceiros comerciais: Austrália, Japão, China, Alemanha, Cingapura, EUA, Malásia (2012).

Membro da Comunidade das Nações

Comunicações: Telefones: principais linhas em uso: 139.000 (2012) celular móvel: 2.709 milhões (2012). Mídia de transmissão: 2 estações de televisão, 1 estação comercial em operação desde o final dos anos 1980 e 1 estação estatal lançada em 2008, serviços de TV a cabo e por satélite estão disponíveis. A National Broadcasting Corporation opera 3 redes de rádio com várias repetidoras e cerca de 20 estações provinciais, várias estações de rádio comerciais com vários pontos de transmissão, bem como várias estações comunitárias, as transmissões de várias emissoras internacionais estão acessíveis (2009) Provedores de serviços de Internet (ISPs): 5,006 (2012). Usuários de internet: 125,000 (2009).

Transporte: Ferrovias: 0 km. Rodovias: total: 9.349 km pavimentados: 3.000 km não pavimentados: 6.349 km (2011 est.). Vias navegáveis: 11.000 km (2011). Portos e terminais: Kimbe, Lae, Madang, Rabaul, Wewak. Aeroportos: 561 (2013).

Disputas internacionais: Papua-Nova Guiné depende da assistência da Austrália para impedir a entrada de atividades transfronteiriças ilegais, principalmente da Indonésia, incluindo contrabando de mercadorias, tráfico ilegal de drogas e posseiros e separatistas.


Gaúcha

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

Gaúcha, o nômade e colorido cavaleiro e vaqueiro dos pampas argentinos e uruguaios (pastagens), que floresceu de meados do século 18 a meados do século 19 e permaneceu um herói popular semelhante ao cowboy no oeste da América do Norte. O termo também tem sido usado para se referir a vaqueiros e outras pessoas do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil.

Os gaúchos geralmente eram mestiços (pessoas de ascendência mista europeia e indiana), mas às vezes eram brancos, negros ou mulatos (de ascendência mista negra e branca). De suas próprias baladas e lendas uma literatura do gaúcho -la literatura gauchesca- cresceu e se tornou uma parte importante da tradição cultural argentina. A partir do final do século 19, após o apogeu dos gaúchos, os escritores argentinos os celebraram. Os exemplos incluem o poema épico de José Hernández El gaúcho Martín Fierro (1872) e romance de Ricardo Güiraldes Don Segundo Sombra (1926).

Em meados do século 18, quando comerciantes britânicos, holandeses, franceses e portugueses forneciam um lucrativo negócio de contrabando de peles e sebo nas regiões de fronteira em torno de Buenos Aires, os gaúchos surgiram para caçar os grandes rebanhos de cavalos e gado fugitivos que vagavam livremente , reproduzido prodigiosamente e permaneceu a salvo de predadores nos extensos Pampas. As armas gaúchas eram o laço, faca e Boleadoras (ou bolas), um dispositivo feito de cordas de couro e três bolas ou pedras de ferro que eram atiradas nas pernas de um animal para enlaçá-lo e imobilizá-lo. Os gaúchos subsistiam principalmente de carne. Seu traje, ainda usado por vaqueiros argentinos modernos, incluía um Chiripa cingindo a cintura, um poncho de lã e calças compridas com pregas acordeão, chamadas bombachas, franzido nos tornozelos e cobrindo o topo das botas de couro. Os gaúchos viviam em pequenas cabanas de barro cobertas com esteiras de grama e dormiam sobre pilhas de peles. Seus casamentos raramente eram solenizados, e suas crenças religiosas consistiam principalmente em superstições antigas envernizadas com o catolicismo romano. Seus passatempos incluíam jogar, beber, tocar violão e cantar versos doggerel sobre suas proezas na caça, luta e amor.

No final do século 18, proprietários privados adquiriram o gado semi-selvagem nos Pampas e contrataram os gaúchos como treinadores de animais. No final do século 19, os Pampas foram cercados em enormes estâncias (propriedades), e a antiga economia pastoril deu lugar a um uso mais intensivo da terra. Animais de raça pura substituíram os rebanhos de matagal e alfafa foi cultivada para alimentá-los. O gaúcho de espírito livre tornou-se assim um lavrador ou peão.

No início do século 19, os gaúchos foram o esteio dos exércitos da região do Río de la Plata, que primeiro derrotou o regime colonial espanhol e depois se envolveu em lutas internas de décadas entre caudilhos rivais (líderes militares provinciais). Um grupo rebelde de cavaleiros chamado montonera lutou nessas guerras, geralmente sob os caudilhos federalistas das províncias fora de Buenos Aires.


Conteúdo

O conquistador espanhol Juan de Ayolas (falecido por volta de 1537) pode ter visitado o local da futura cidade em seu caminho para o norte, rio Paraguai, procurando uma passagem para as minas do Alto Perú (atual Bolívia). Posteriormente, Juan de Salazar y Espinosa e Gonzalo de Mendoza, parente de Pedro de Mendoza, foram enviados em busca de Ayolas, mas não o encontraram. No seu caminho para cima e depois para baixo do rio, de Salazar parou brevemente em uma baía na margem esquerda para reabastecer seus navios. Ele achou os nativos amigáveis ​​e decidiu fundar ali um forte em agosto de 1537. Ele o nomeou Nuestra Señora Santa María de la Asunción (Nossa Senhora Santa Maria da Assunção - a Igreja Católica Romana celebra a Festa da Assunção em 15 de agosto) . [8]

Em 1542, os nativos destruíram Buenos Aires e os espanhóis fugiram para Assunção. Assim, a cidade se tornou o centro de uma grande província colonial espanhola que compreende parte do Brasil, hoje o Paraguai e o nordeste da Argentina: a Província Gigante das Índias. Em 1603, Assunção foi sede do Primeiro Sínodo de Assunção, que definiu as diretrizes para a evangelização dos indígenas em sua língua franca, o guarani.

Em 1731, um levante sob José de Antequera y Castro foi uma das primeiras rebeliões contra o domínio colonial espanhol. A revolta fracassou, mas foi o primeiro sinal do espírito independente que crescia entre os criollos, mestiços e indígenas do Paraguai. O evento influenciou a independência do Paraguai, que posteriormente se materializou em 1811. Os encontros secretos entre os líderes da independência para planejar uma emboscada contra o governador espanhol no Paraguai (Bernardo de Velasco) aconteceram na casa de Juana María de Lara, no centro de Assunção . Na noite de 14 e 15 de maio de 1811, os rebeldes conseguiram e forçaram o governador Velasco a se render. Hoje, a antiga casa de Lara, conhecida como Casa de la Independencia (Casa da Independência), funciona como um museu e edifício histórico.

Depois que o Paraguai se tornou independente, mudanças significativas ocorreram em Assunção. Sob o governo de Gaspar Rodríguez de Francia (no cargo de 1813 a 1840), estradas foram construídas em toda a cidade e as ruas foram nomeadas. No entanto, durante a presidência de Carlos Antonio López (presidente de 1844 a 1862), Assunção (e Paraguai) viu mais progressos à medida que o novo presidente implementava novas políticas econômicas. Mais de 400 escolas, fábricas metalúrgicas e o primeiro serviço ferroviário da América do Sul foram construídos durante a presidência de López. Depois que López morreu (1862), seu filho Francisco Solano López tornou-se o novo presidente e liderou o país durante a desastrosa Guerra do Paraguai que durou cinco anos (1864-1870). Em 1º de janeiro de 1869, a capital Assunção caiu nas mãos das forças brasileiras lideradas pelo general João de Souza da Fonseca Costa. Após o fim do conflito armado, as tropas brasileiras ocuparam Assunção até 1876.

Muitos historiadores [ que? ] alegaram que esta guerra provocou uma queda constante da cidade e do país, uma vez que massacrou dois terços da população do país. O progresso desacelerou muito depois disso e a economia estagnou.

Após a Guerra do Paraguai, Assunção iniciou uma lenta tentativa de recuperação. No final do século 19 e durante os primeiros anos do século 20, um fluxo de imigrantes da Europa e do Império Otomano chegou à cidade. Isso levou a uma mudança na aparência da cidade, pois muitos novos edifícios foram construídos e Assunção passou por uma era mais próspera do que qualquer outra desde a guerra.

Centro de Assunção em 1872

Assunção está localizada entre os paralelos 25 ° 15 'e 25 ° 20' de latitude sul e entre os meridianos 57 ° 40 'e 57 ° 30' de longitude oeste. A cidade fica na margem esquerda do rio Paraguai, quase na confluência deste rio com o rio Pilcomayo. O rio Paraguai e a baía de Assunção no noroeste separam a cidade da região ocidental do Paraguai e da Argentina na parte sul da cidade. O resto da cidade é cercado pelo Departamento Central.

Localizada às margens do rio Paraguai, a cidade oferece muitas paisagens que se estendem por suaves colinas em um padrão de blocos retangulares. Lugares como o Cerro Lambaré, uma colina localizada em Lambaré, oferecem um show espetacular na primavera por causa das árvores lapacho em flor na região. Parques como o Parque Independencia e o Parque Carlos Antonio López oferecem grandes áreas de vegetação típica do Paraguai e são freqüentados por turistas. Existem várias pequenas colinas e áreas ligeiramente elevadas em toda a cidade, incluindo Cabará, Clavel, Tarumá, Cachinga e Tacumbú, entre outros.

Avenida Costanera, Assunção

Praça da Democracia, Assunção, Paraguai

Distritos e vizinhanças Editar

Assunção está organizada geograficamente em distritos que, por sua vez, reúnem os diferentes bairros.

Vizinhança População (2002) Vizinhança População (2002) Vizinhança População (2002)
1. Itá Enramada 4,845 24. Seminario [ citação necessária ] 5,070 47. Pinozá 6,621
2. Santa Ana 5,775 25. Vista Alegre 12,611 48. Jara 13,554
3. Bañado Santa Ana 8,374 26. Panambí Retá 2,386 49. Banco San Miguel 953
4. Roberto L. Pettit 20,201 27. Panambí Verá 2,591 50. Tablada Nueva 6,573
5. Republicano 8,429 28. San Pablo 21,787 51. Virgen del Huerto 4,809
6. Pirizal 4,022 29. Terminal 4,305 52. Virgen de la Asunción 9,983
7. San Vicente 15,412 30. Hipódromo 8,348 53. Bella Vista 6,657
8. Bañado Tacumbú 10,958 31. Nazaré 7,133 54. Santo Domingo 2,591
9. Obrero 19,823 32. Villa Aurelia 9,871 55. Cañada del Ybyray 3,166
10. Tacumbú 13,366 33. Los Laureles 3,517 56. Las Lomas (Carmelitas) 5,604
11. Sajonia 14,873 34. Mariscal Estigarribia 7,711 57. Madame Lynch 8,589
12. Itá Pytã Punta 4,225 35. San Cristóbal 6,618 58. Salvador del Mundo 3,883
13. San Antonio 9,544 36. Herrera 5,149 59. Ñu Guazú 1,342
14. Dr. Francia 10,925 37. Santa María 4,591 60. Mbocayaty 6,512
15. La Encarnación 4,928 38. Ytay 3,054 61. Mburucuyá 8,377
16. Catedral 3,676 39. San Jorge 4,844 62. Trinidad 4,515
17. General Díaz 6,068 40. Ycuá Satí 6,687 63. Virgen de Fátima 6,064
18. Pettirossi 11,380 41. Manorá 1,898 64. San Rafael 10,732
19. San Roque 6,355 42. Villa Morra 4,114 65. Botánico 9,982
20. Ricardo Brugada (Chacarita) 10,455 43. Recoleta 10,230 66. Zeballos Cué 18,553
21. San Felipe 5,679 44. Tembetário 3,515 67. Loma Pytá 6,231
22. Las Mercedes 4,827 45. Mburicaó 7,691 68. San Blas 3,651
23. Ciudad Nueva 8,584 46. ​​General Caballero 8,128 69. Santa Rosa 3,546
24. Carlos A. López ? 70. Mariscal López 5,025

Edição de clima

Assunção tem um clima subtropical úmido (Köppen: Cfa) que faz fronteira com um clima de savana tropical (Köppen Ah), caracterizada por verões quentes e úmidos (média de 27,5 ° C ou 81,5 ° F em janeiro) e invernos amenos (média de 17,6 ° C, 63,7 ° F em julho). [9] A umidade relativa é alta durante todo o ano, portanto, o índice de calor é mais alto do que a temperatura real do ar no verão e, no inverno, pode ser mais frio. [ citação necessária ] A temperatura média anual é de 23 ° C (73 ° F). A precipitação média anual é alta, com 1.400 milímetros (55 in) distribuídos em mais de 80 dias anuais. A temperatura mais alta registrada foi de 42,8 ° C (109,0 ° F) em 1 de outubro de 2020, enquanto a temperatura mais baixa registrada foi de -1,2 ° C (29,8 ° F) em 27 de junho de 2011.

A neve é ​​desconhecida nos tempos modernos, mas caiu durante a Pequena Idade do Gelo, pela última vez em junho de 1751. [10]

Assunção geralmente tem uma estação seca muito curta entre maio e setembro, mas os meses mais frios são junho, julho e agosto. As pequenas geadas podem ocorrer em média um ou dois dias por ano. A estação chuvosa cobre o resto do ano.

Durante a estação chuvosa, Assunção é geralmente quente e úmida, embora no final desta estação fique visivelmente mais fria. Em contraste, a estação seca de Assunção é agradavelmente amena. Os valores de precipitação anual de Assunção observam um máximo no verão, devido às fortes tempestades subtropicais de verão que se dirigem para o sul a partir do norte do Paraguai, originando-se na região do Gran Chaco, no noroeste do país. Os meses mais chuvosos e secos do ano são abril e julho, recebendo em média 166 mm (6,54 pol.) E 39 mm (1,54 pol.) De precipitação, respectivamente.

Dados climáticos para Assunção (1971-2000)
Mês Jan Fev Mar Abr Poderia Junho Jul Agosto Set Out Nov Dez Ano
Registro de alta ° C (° F) 42.0
(107.6)
39.6
(103.3)
40.0
(104.0)
37
(99)
35
(95)
33.0
(91.4)
33.4
(92.1)
39.2
(102.6)
42.2
(108.0)
42.8
(109.0)
40.2
(104.4)
41.7
(107.1)
42.8
(109.0)
Média alta ° C (° F) 33.5
(92.3)
32.6
(90.7)
31.6
(88.9)
28.4
(83.1)
25.0
(77.0)
23.1
(73.6)
23.2
(73.8)
24.8
(76.6)
26.4
(79.5)
29.2
(84.6)
30.7
(87.3)
32.3
(90.1)
28.3
(82.9)
Média diária ° C (° F) 27.5
(81.5)
26.9
(80.4)
25.9
(78.6)
22.8
(73.0)
19.8
(67.6)
17.9
(64.2)
17.6
(63.7)
18.6
(65.5)
20.5
(68.9)
23.2
(73.8)
24.8
(76.6)
26.5
(79.7)
22.7
(72.9)
Média baixa ° C (° F) 22.8
(73.0)
22.3
(72.1)
21.3
(70.3)
18.6
(65.5)
15.7
(60.3)
13.8
(56.8)
13.1
(55.6)
14.3
(57.7)
15.9
(60.6)
18.6
(65.5)
20.1
(68.2)
21.8
(71.2)
17.9
(64.2)
Registro de ° C baixo (° F) 12.5
(54.5)
12.5
(54.5)
9.4
(48.9)
6.8
(44.2)
2.6
(36.7)
−1.2
(29.8)
−0.6
(30.9)
0.0
(32.0)
3.6
(38.5)
7.0
(44.6)
8.8
(47.8)
10.0
(50.0)
−1.2
(29.8)
Precipitação média mm (polegadas) 147.2
(5.80)
129.2
(5.09)
117.9
(4.64)
166.0
(6.54)
113.3
(4.46)
82.4
(3.24)
39.4
(1.55)
72.6
(2.86)
87.7
(3.45)
130.8
(5.15)
164.4
(6.47)
150.3
(5.92)
1,401.2
(55.17)
Dias de precipitação média (≥ 1,0 mm) 8 7 7 8 7 7 4 5 6 8 8 8 83
Umidade relativa média (%) 68 71 72 75 76 76 70 70 66 67 67 68 70
Média de horas de sol mensais 276 246 254 228 205 165 195 223 204 242 270 295 2,803
Fonte 1: Organização Meteorológica Mundial [11]
Fonte 2: NOAA atualizado para 9/2012., [12] Instituto Meteorológico Dinamarquês (apenas sol) [13]

A população é de aproximadamente 540.000 pessoas na cidade propriamente dita. [1] Aproximadamente 30% dos 6 milhões de habitantes do Paraguai vivem na Grande Assunção. Sessenta e cinco por cento da população total da cidade tem menos de 30 anos. [14]

A população aumentou muito nas últimas décadas como conseqüência da migração interna de outros departamentos do Paraguai, a princípio por causa do boom econômico da década de 1970 e, posteriormente, por causa da recessão econômica no campo. As cidades adjacentes na área de Gran Asunción, como Luque, Lambaré, San Lorenzo, Fernando de la Mora e Mariano Roque Alonso, absorveram a maior parte deste influxo devido ao baixo custo do terreno e fácil acesso a Assunção. A cidade foi classificada como a cidade mais barata para se morar por cinco anos, administrados pela Mercer Human Resource Consulting. [15]

População por sexo e idade de acordo com o censo de 2002

Era Quantidade (censo de 2002) Masculino Fêmea
0–4 anos 45,382 23,058 22,374
5-9 anos 46,120 23,330 22,324
10-14 anos 46,272 22,985 23,287
15-29 anos 155.675 71,885 83,790
30-59 anos 164,367 75,871 88,496
+60 anos 54,296 21,686 32,610
Total 512,112 238,815 273,297
Desenvolvimento demográfico de Assunção

Religião Editar

Aproximadamente 90% da população de Assunção professa o catolicismo. [18] A Arquidiocese Católica Romana de Assunção cobre uma área de 2.582 quilômetros quadrados (997 milhas quadradas) incluindo a cidade e arredores e tem uma população total de 1.780.000, dos quais 1.612.000 são católicos. [18] O arcebispo católico é Eustaquio Pastor Cuquejo Verga, C.SS.R. [18] Na capital do Paraguai também existem locais de culto de outras denominações cristãs, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, bem como de outras religiões, incluindo o Islã, Budismo e Judaísmo. [ citação necessária ]

Edição de idioma

A maioria das pessoas no Paraguai fala uma das duas línguas como sua língua principal: espanhol paraguaio (falado por 56,9% da população) e guarani (falado por 90,1%). 27,4% da população fala o dialeto Jopará, uma mistura do guarani com empréstimos do espanhol (crioulo). Outras línguas são representadas por 4,5% da população. [ citação necessária ]

Edição de escolas

A cidade possui um grande número de escolas públicas e privadas. As escolas públicas mais conhecidas são o Colegio Nacional de la Capital (que é uma das escolas mais antigas da cidade, fundada em 1877), o Colegio Técnico Nacional, o Colegio Nacional Presidente Franco e o Colegio Nacional Asunción Escalada. As escolas particulares mais conhecidas são American School of Asunción, Colegio San José, St. Annes School, Colegio del Sol, Colegio Santa Clara, Colegio Goethe e Colegio de la Asunción, Colegio Las Almenas, Colegio Campoalto, Colegio Dante Alighieri, Colegio San Francisco, Colégio San Ignacio de Loyola, Colégio Santa Teresa de Jesús, Colégio Imaculado Corazón de María, Salesianito, Colégio Cristo Rey, Colégio Internacional.

Universidades Editar

As principais universidades da cidade são a Universidad Americana e a Universidad Nacional de Asunción (estatal). A Universidad Nacional de Asunción foi fundada em 1889 e tem uma matrícula de pouco mais de 40.000 alunos. A Universidad Católica Nuestra Señora de la Asunción foi fundada em 1960 e atualmente tem cerca de 21.000 alunos matriculados. A Católica possui um pequeno campus no centro da cidade próximo à Catedral e um campus maior no bairro de Santa Ana, em direção à cidade vizinha de Lambaré, enquanto a Universidad Nacional tem seu campus principal na cidade de San Lorenzo, cerca de 5 km (3 mi) a leste de Assunção. Existem também várias universidades menores administradas por particulares, como a Uninorte, a Universidad Católica Nuestra Señora de la Asunción e a Universidad Autónoma de Asunción, entre outras.

Em termos de comércio, este setor cresceu consideravelmente nos últimos anos, estendendo-se até os subúrbios onde foram construídos shoppings e supermercados. A única bolsa de valores do Paraguai, a BVPASA, está localizada aqui. A cidade em si está listada nele, como BVPASA: MUA. [ citação necessária ]

Em Assunção estão sediadas as empresas, negócios e grupos de investimento mais importantes. A atratividade da cidade pode ser atribuída às suas políticas tributárias fáceis. Assunção tem impostos irrestritos sobre os investimentos e movimentos de capital. Além disso, a Bolsa de Valores de Assunção registrou alta de 485,7% em agosto de 2012 em relação a agosto de 2011. Também não há imposto de renda para investidores em Títulos da Bolsa de Valores de Assunção. Incentivos como esses atraem investimentos estrangeiros significativos para a cidade. Por muitos especialistas latino-americanos, o Paraguai é apontado como um dos três principais condados com o melhor clima de investimento na América Latina e no Caribe. Além disso, continua a ser a nação mais atraente do hemisfério para fazer negócios e está equipado com uma série de legislações que proteger os investimentos estratégicos e garantir um ambiente favorável ao desenvolvimento de grandes plantas industriais e projetos de infraestrutura. A cidade é o centro econômico do Paraguai, seguida por Ciudad del Este e Encarnación.

Principais edifícios financeiros em Assunção

Como o rio Paraguai corre bem próximo a Assunção, a cidade é servida por um terminal fluvial no centro da cidade. Este porto está estrategicamente localizado dentro de uma baía e é por onde a maior parte da carga entra e sai do país. Há um terminal menor no bairro de Sajônia e um porto vaivém em Ita Enramada, quase em frente à cidade argentina de Clorinda, Formosa.

O transporte público é muito usado e servido por ônibus (chamados localmente colectivos, micros ou ônibus) que atingem todas as regiões da cidade e as comunidades dormitório do entorno. A partir de 23 de outubro de 2020, um cartão eletrônico é necessário para usar esses ônibus. Existem dois cartões disponíveis de dois fornecedores diferentes: "Jaha" (guarani para Vamos lá) e "Más" (espanhol para Mais).

O principal terminal de ônibus de longa distância (TOA, ou Terminal de Ómnibus de Asunción) fica na Avenida República Argentina e seus serviços de ônibus conectam todos os departamentos do Paraguai, bem como rotas internacionais para países próximos, como Argentina, Brasil, Bolívia e Uruguai.

O Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi é a principal porta de entrada nacional e internacional do Paraguai, localizado em Luque, bairro da capital Assunção. Seu nome é uma homenagem ao aviador paraguaio Silvio Petrossi e é conhecido anteriormente como Aeroporto Internacional Presidente Stroessner. Como o aeroporto mais movimentado do Paraguai, é o hub da Latam Paraguai e Paranair.

A cidade abriga o Museu Godoy, o Museu Nacional de Bellas Artes (que contém pinturas do século 19), a Igreja de La Encarnación, a Catedral Metropolitana e o Panteão Nacional dos Heróis, uma versão menor de Les Invalides em Paris , onde muitos dos heróis da nação estão sepultados. Outros marcos incluem o Palacio de los López, o antigo prédio do Senado (um edifício moderno aberto para sediar o Congresso em 2003) e a Casa de la Independencia (um dos poucos exemplos de arquitetura colonial remanescente na cidade).

A Calle Palma é a rua principal do centro, onde vários edifícios históricos, praças, lojas, restaurantes e cafés estão localizados. A "Manzana de la Rivera", situada em frente ao Palácio Presidencial, é um conjunto de antigas casas tradicionais que foram restauradas e funcionam como um museu que mostra a evolução arquitetónica da cidade. A antiga estação ferroviária mantém os antigos trens que hoje são usados ​​em viagens turísticas às cidades de Luque e Areguá.

Assunção também possui shoppings luxuosos que contêm lojas de marcas conhecidas. Os maiores shoppings são o Shopping del Sol Mariscal López Shopping, o Shopping Villa Morra na parte central da cidade, o Shopping Multiplaza na periferia da cidade e o Shopping Excelsior localizado no centro da cidade. O Pinedo Shopping e o San Lorenzo Shopping são os mais novos e consideráveis ​​shoppings localizados a apenas 5,6 e 9,3 quilômetros (3,5 e 5,8 milhas) dos limites de Assunção, respectivamente, na cidade de San Lorenzo, parte da Grande Assunção. Em 2016 foi inaugurado um novo shopping, o La Galeria. Fica entre as torres azuis e hoje é o maior shopping do país.

O futebol associativo é o principal esporte do Paraguai, e Assunção é sede de alguns dos times mais importantes e tradicionais do país. Entre eles estão Olímpia, Cerro Porteño, Club Libertad, Club Nacional, Club Guaraní e Club Sol de América, que possuem seus próprios estádios e instalações esportivas para os membros afiliados. O estádio Defensores del Chaco é o principal estádio de futebol do país e está localizado no bairro de Sajonia, a poucas quadras do centro de Assunção. Por ser um estádio nacional, às vezes é usado para outras atividades, como shows de rock. Assunção também é o coração da união do rúgbi do Paraguai.

Assunção também hospeda várias orquestras sinfônicas e companhias de balé, ópera e teatro. As orquestras mais conhecidas são a Orquestra Sinfônica da Cidade de Assunção (OSCA), a Orquestra Sinfônica Nacional e a Orquestra Sinfônica da Universidade do Norte. Entre as companhias de ballet profissional, as mais conhecidas são o Asunción Classic e Modern Municipal Ballet, o National Ballet e o Northern University Ballet. A principal companhia de ópera é a Northern University Opera Company. Uma companhia de teatro de longa data é a Arlequín Theatre Foundation. Os locais tradicionais incluem o Teatro Municipal, o Centro Paraguaio-Japonês, o Grande Teatro Lírico do Banco Central, o Centro Cultural Juan de Salazar, o Teatro das Américas, o Teatro Tom Jobim, o Teatro Arlequín e a Manzana de la Rivera. Assunção é também o centro da Arquitetura do Paraguai.

Os sete tesouros do patrimônio cultural de Assunção. Editar

A escolha dos sete tesouros do material do patrimônio cultural foi desenvolvida Assunção durante os meses de abril e maio de 2009. Promovido pela "Organización Capital Americana de la Cultura", com a colaboração das autoridades paraguaias participantes da eleição foi realizada com a intenção de divulgar o patrimônio cultural material da Assunção. [ citação necessária ]

Um total de 45 candidatos optaram por se tornar um dos tesouros da Assunção de patrimônio cultural. O resultado da votação, que envolveu 12.417 pessoas, é o seguinte:

Os 7 tesouros de Assunção
Palacio de los López Panteón Nacional de los Héroes Cabildo
Catedral Metropolitana de Asunción Hotel Guaraní Teatro Municipal Ignacio A. Pane
Iglesia de la Santísima Trinidad

Edição de vida noturna

A vida noturna gira em torno de dois bairros: um no centro da cidade e outro nos bairros de Manora e Las Carmelitas, uma área repleta de boates e bares.

Edição de jornais

Os jornais mais lidos são: Diario La Nación, Diario Hoy, Diario ABC, Diario Última Hora, e Diario Crónica, embora os mais bem-sucedidos sejam abc e Última Hora.

Edição de televisão

Os canais de TV mais importantes são SNT e os outros canais gratuitos Paravisión, Sur TV, Unicanal, Latele, C9N, RPC, Telefuturo e a emissora pública de tv Paraguai TV.


Jackson, R. H. (2015). Mudança demográfica e sobrevivência étnica entre as populações sedentárias nas fronteiras da missão jesuíta da América do Sul espanhola, 1609-1803 : Holanda: Brill

Mondino, M. (2012). Protegendo nosso patrimônio. Americas Quarterly , 6(2), 160-160

Roca, M. V. (2017). Arqueologia, Patrimônio e Desenvolvimento em Dois Sítios Coloniais da América do Sul: As Missões Guarani-Jesuítas (1610-1767) . Em Collision or Collaboration (pp. 117-135). Springer, Cham


Paragua PG - História

1499 1516 1528 1556 1580 1700

1538 Os espanhóis colonizam uma área chamada Charcas, Alto Peru ou Chuquisaca até 1545.
1548 Parte do Vice-Reino do Peru.
1559 Criação da Audiencia de los Charcas para administrar o Alto Peru.
1776 Parte do Vice-Reino de R & iacuteo de la Plata.
1809 Estado independente proclamado no Alto Peru nominalmente em nome de Fernando VII o rei Bourbon da Espanha deposto por Napoleão.
1810 Proclamada província de R & iacuteo de la Plata.
1811 Anexado ao Peru.
República Boliviana de 1825, inicialmente denominada Rep & uacuteblica Bol & iacutevar.
1836 Componente da Confederação Peru-Boliviana (para os componentes do Norte e do Sul do Peru) até 1839.
1867 Acre concedido à Bolívia no Tratado de Ayacucho.
1868 República da Bolívia (o estilo antigo perdura até 1908).
1883 Litoral do Pacífico incluindo Antofagasta anexada pelo Chile.
1899 Acre independente da Bolívia até 1900.
1903 Acre comprado pelo Brasil.

1541 colônia espanhola, Nueva Extremadura, parte do Peru.
1778 Capitania-geral do Chile subordinada ao Peru.
1810 Revolucionários, agindo nominalmente a favor de Fernando VII destronado por Napoleão, destituem o vice-rei.
1810 Independência declarada.
1814 Reconquista espanhola em 1817.
1818 Independência declarada, Estado do Chile, independência reconhecida pela Espanha em 1844.
1826 República do Chile
1932 República Socialista do Chile, durou apenas 12 dias.

1932 República do Chile
1883 Anexos costa do Pacífico boliviano e Antofagasta, bem como Tarapaca, Tanca e Arica do Peru.
1888 Anexos Ilha de Páscoa.

1967 reverso 1988 reverso

Desconhecido 1813 1814 1815 1815

1536 Os espanhóis colonizam R & iacuteo de la Plata, parte do Vice-Reino do Peru até 1580.
1618 Criação da província de Buenos Aires.
1661 Audiencia de Buenos Aires.
1671 Subordinado à Audiencia de Charcas em 1776.
1776 (espanhol) Vice-reinado de R & iacuteo de la Plata separado do Peru (atual Argentina, Bolívia [Charcas ou Alto Peru], Paraguai e

Todas as imagens das bandeiras pertencem a Vexilla mundi - Desenhado por Mello Luchtenberg

Todas as Cronologias Estaduais pertencem a Estadistas mundiais - Editado por Benjamin Cahoon


Conteúdo

Primeiros anos (1953-1963) Editar

As origens da WWE podem ser rastreadas até a década de 1950, quando em 7 de janeiro de 1953 o primeiro show sob o Capitol Wrestling Corporation (CWC) foi produzido. Há incertezas quanto a quem foi o fundador do CWC. Algumas fontes afirmam que foi Vincent J. McMahon [2] [3] [4], enquanto outras fontes citam o pai de McMahon, Jess McMahon (que morreu em 1954) como fundador da CWC. [5] [6] [7] A NWA reconheceu um indiscutível NWA World Heavyweight Champion que foi a várias promoções de wrestling profissional na NWA. O campeonato foi defendido em todo o mundo. A NWA geralmente promoveu atiradores fortes como campeões, para dar credibilidade esportiva e proteção contra traições. Enquanto faziam negócios fortes no meio-oeste (a região central da NWA), esses lutadores atraíram pouco interesse no território do CWC. Em 1961, a diretoria da NWA decidiu colocar o campeonato no showman louro descolorido "Nature Boy" Buddy Rogers, um draw card muito mais eficaz na região. [8] O resto da NWA estava descontente com McMahon e Toots Mondt (que se juntou à CWC no início dos anos 1960) porque ele raramente permitia que Rogers lutasse fora do Nordeste. Mondt e McMahon queriam que Rogers mantivesse o NWA World Heavyweight Championship, mas Rogers não estava disposto a sacrificar seu depósito de $ 25.000 no cinturão do campeonato (os titulares do campeonato na época tiveram que pagar um depósito para garantir que honrariam seus compromissos como campeões). Rogers perdeu o NWA World Heavyweight Championship para Lou Thesz em uma luta de uma queda em Toronto, Ontário, Canadá em 24 de janeiro de 1963, que levou Mondt, McMahon e o CWC deixando a NWA em protesto, criando a World Wide Wrestling Federation (WWWF) no processo. [9] [10]

Rise of Bruno Sammartino (1963-1980) Editar

A World Wide Wrestling Federation (WWWF) foi formada em 24 de janeiro de 1963. Em 25 de abril de 1963, Buddy Rogers foi premiado com o novo WWWF World Heavyweight Championship, supostamente vencendo um torneio apócrifo no Rio de Janeiro. Ele perdeu o campeonato para Bruno Sammartino um mês depois, em 17 de maio de 1963, após sofrer um ataque cardíaco pouco antes da partida. Para acomodar a condição de Rogers, o jogo foi reservado para durar menos de um minuto. [11]

Sammartino manteria o título por sete anos, oito meses e um dia (2.803 dias), tornando seu reinado mundial contínuo mais longo na história do wrestling masculino. Embora Sammartino fosse o rosto da WWWF, lutadores como o Superstar Billy Graham e Bob Backlund também eram extremamente populares. [12] [ citação necessária ] A WWWF ganhou notoriedade na década de 1970, realizando seus maiores shows no Shea Stadium ou Madison Square Garden e fazendo fortes negócios em toda a megalópole do Nordeste. Eles alavancaram lutadores antigos, mas ainda populares, como o Capitão Lou Albano, o "Grande Mago da Luta Livre" Ernie Roth e o "Classy" Freddie Blassie para atuarem como gerentes para os oponentes heel (vilões) de Sammartino. Nessa época, apenas lutadores babyface (favoritos dos fãs) podiam ter longos reinados no campeonato, como Bruno Sammartino, Pedro Morales e Bob Backlund, que permaneceram por mais de um ano cada. Os campeões de heel, como Ivan Koloff e Stan Stasiak, eram usados ​​para "fazer a transição" do campeonato de um lutador para outro, e geralmente mantinham o título por não mais do que um único programa de um mês antes de deixá-lo cair para o próximo babyface. Graham was the only heel character to keep his championship for longer than one month, as the WWWF felt it needed time to build Backlund up as championship material. [13]

The WWWF was relatively conservative for promotions of its day running its major arenas monthly rather than weekly or bi-weekly. [14] Programs generally involved a babyface champion facing a heel challenger for one to three meetings in each scheduled town for longer programs the heel would often win the first match in a non-decisive manner such as a countout or via excessive blood loss, and the champion would then retain in an ultraviolent blow-off match such as a steel cage match or Texas Death match. [15] Unlike most of the NWA territories, the main event would occur in the middle of the arena show cards, allowing the company to build upon the match's finish in order to sell tickets to the next event reliable, popular workers such as Chief Jay Strongbow would then wrestle at the end of the show to send the crowd home happy. [16] [17] The WWWF also featured popular wrestlers based out of non-WWWF territories such as Dusty Rhodes and retained the services of (at the time) the most popular and highly paid wrestler in the world, André the Giant, in between his territorial and international obligations.

WWWF held their then major event Showdown at Shea three times at Flushing, New York's Shea Stadium in 1972, 1976 and 1980. Bruno Sammartino main evented the 1972 and 1980 events, in 1972 wrestling Pedro Morales to a 75 minutes time limit draw and in 1980 defeating Larry Zbyszko in a Steel cage match. The main event of the 1976 event was a Boxer vs Wrestler fight between Muhammad Ali and Antonio Inoki which ended in a draw. At that event Sammartino had retained the WWWF World Heavyweight Championship against Stan Hansen. The 1972, 1976 and 1980 events each had attendance figures of 22,508, 32,000 and 36,295 respectively. [18] [19] [20]

Toots Mondt left the WWWF in the late sixties, and Vincent J. McMahon assumed complete control of the organization in 1971. [21] Later that year, The Mongols created controversy after they left the WWWF with the WWWF International Tag Team Championship. The championship would be considered inactive as a result until Luke Graham and Tarzan Tyler won a tournament to claim the championship. They then defeated the Mongols in November 1971, voiding any claim The Mongols had to the championship. In March 1979, for marketing purposes, the World Wide Wrestling Federation was renamed as the World Wrestling Federation (WWF). [22]

Transition (1979–1982) Edit

In 1980, Vincent K. McMahon, the son of Vincent J. McMahon, founded Titan Sports, Inc. and applied trademarks for the initials "WWF".

The Golden Era (1982–1993) Edit

In 1982, McMahon purchased Capitol Sports, the parent company of the WWF, from his father and associates Gorilla Monsoon and Arnold Skaaland. [23]

Seeking to make the WWF the premier wrestling promotion in the world, he began an expansion process that fundamentally changed the industry. [24] In an interview with Esportes ilustrados, McMahon noted:

In the old days, there were wrestling fiefdoms all over the country, each with its own little lord in charge. Each little lord respected the rights of his neighboring little lord. No takeovers or raids were allowed. There were maybe 30 of these tiny kingdoms in the U.S. and if I hadn't bought out my dad, there would still be 30 of them, fragmented and struggling. I, of course, had no allegiance to those little lords. [24]

Upon taking over the company, McMahon immediately worked to get WWF programming on syndicated television all across the United States. This angered other promoters and disrupted the well-established boundaries of the different wrestling promotions. In addition, the company used income generated by advertising, television deals, and tape sales to secure talent from rival promoters.

Capitol Sports already controlled most of the northeastern territory, but the younger McMahon wanted the WWF to be a national wrestling promotion something the NWA did not approve of. He shortly defected his promotion from the NWA, much like the American Wrestling Association, which controlled the U.S. Northern Midwest. To become a national promotion, the WWF would have to become bigger than AWA or any NWA promotion.

McMahon's vision for his promotion was starting to become possible when he signed AWA talent Hulk Hogan, who had achieved popularity outside of wrestling – notably for his appearance in Rocky III as Thunderlips. [25] McMahon signed Rowdy Roddy Piper as Hogan's rival, and shortly afterward signed Jesse "The Body" Ventura. Other significant wrestlers who were part of the roster included: Big John Studd, André the Giant, Jimmy "Superfly" Snuka, "The Magnificent" Don Muraco, Junkyard Dog, "Mr. Wonderful" Paul Orndorff, Greg "The Hammer" Valentine, Ricky "The Dragon" Steamboat, and Nikolai Volkoff. In 1984, Hogan was pushed to main event status. He defeated WWF World Heavyweight Champion The Iron Sheik at Madison Square Garden on January 23, 1984 and thus evolved into one of the most recognizable and popular faces in professional wrestling. [26]

With reasonable revenue being made, McMahon was able to secure television deals, and WWF was being shown across the United States. [ citação necessária ] McMahon also began selling videotapes of WWF events outside the Northeast through his Coliseum Video distribution company, again angering other promoters. [ citação necessária ] The syndication of WWF programming forced promotions to engage in direct competition with the WWF. [ citação necessária ] The increased revenue allowed McMahon to sign more talent, such as Brutus Beefcake, Tito Santana, Jake "The Snake" Roberts, Butch Reed, and "Hacksaw" Jim Duggan.

However, for McMahon to truly turn WWF into a national promotion, he needed to have WWF touring the entire United States. [ citação necessária ] Such a venture was impossible with the revenue WWF currently had, so McMahon envisioned a way to obtain the necessary capital through a risky all-or-nothing gamble on a supercard concept called WrestleMania in 1985. WrestleMania would be a pay-per-view extravaganza, viewable on closed-circuit television and marketed as the Super Bowl of professional wrestling. WrestleMania was not the first supercard seen in professional wrestling, as the NWA had previously run Starrcade in 1983. However, McMahon's vision was to make WWF and the industry itself mainstream, targeting more of the general television audience by exploiting the entertainment side of the industry. With the inaugural WrestleMania, WWF initiated a joint-promotional campaign with MTV, which featured a great deal of WWF coverage and programming, in what was termed the Rock 'n' Wrestling Connection. The mainstream media attention brought on by celebrities including Muhammad Ali, Mr. T and Cyndi Lauper at the event helped propel WrestleMania to become a staple in popular culture, and the use of celebrities has been a staple of the company to the present day.

With the success of WrestleMania, other promotions which tried hard to keep the regional territory system alive started to merge under Jim Crockett Promotions (JCP). [ citação necessária ] Starrcade and The Great American Bash were the JCP versions of WrestleMania, but even when operating inside of its territory, JCP had trouble matching the success of WWF. [ citação necessária ] After Ted Turner purchased majority of JCP's assets, the promotion would become World Championship Wrestling (WCW), providing WWF with a competitor until 2001, when WCW and its trademarks were purchased by WWF. [ citação necessária ] WrestleMania would become an annual pay-per-view phenomenon, being broadcast in nearly 150 countries and in almost 20 different languages. [ citação necessária ]

Perhaps the peak of the 1980s wrestling boom was WrestleMania III at the Pontiac Silverdome, [ citação necessária ] which set an attendance record of 93,173. In the main event Hulk Hogan retained the WWF Championship against André the Giant. [27] McMahon used the success of WrestleMania to create more annual pay-per-views such as SummerSlam, the Royal Rumble and the Survivor Series, the latter two both receiving their names from unique stipulation matches featured at the event. These four shows would be jointly known as the “Big Four” of the company’s programming up until modern day.

McMahon's focus on entertainment rather than giving his product a legitimate sports feel, the policy that became the concept of sports entertainment, led to great financial success for WWF. [ citação necessária ] During the 1980s, Hulk Hogan would cross over into mainstream prominence presented as an all-American hero. [ citação necessária ] Hogan's time as the face of the WWF would last until he departed from the company in the summer of 1993. Other stars such as "Macho Man" Randy Savage, "Rowdy" Roddy Piper, The Ultimate Warrior, The Honky Tonk Man, "Million Dollar Man" Ted DiBiase, and others also helped make WWF a financial success in this time period. [ citação necessária ] Jim Duggan won the first Royal Rumble match in 1988. While these talents were recognizable as individuals, some talent became better known for their teamwork as part of tag teams. Stables or groups such as Demolition, Strike Force, The Hart Foundation, The British Bulldogs, The Rockers and The Fabulous Rougeaus helped create a strong tag team division for WWF. [ citação necessária ] Towards the end of the "Golden Age", Bret Hart of the Hart Foundation began to break out on his own as a singles competitor, with his most memorable match early on taking place at SummerSlam in 1992 against "The British Bulldog" Davey Boy Smith. Hart would eventually capture the WWF World Heavyweight Championship from Ric Flair later that year and would win the King of the Ring tournament the following year.

In January 1993, WWF created their prime time cable TV program Monday Night Raw, which aired on the USA Network.


Piragua and the piragüeros

Piragua Cart and Piraguero

The piragua vendor is known as the “Piragüero”. Most Piragüeros sell their product from a colorful wooden pushcart that carries an umbrella, instead of from a fixed stand or kiosk. The Piragüero makes the treats from shavings off a block of solid ice inside his cart and mixtures of fruit-flavored syrups. The tropical syrup flavors vary from lemon and strawberry to passion fruit and guava. Once the syrups are ready, the Piragüero will go to his place of business, which in Puerto Rico is usually close to the town plaza, while in the United States it is usually close to the public parks near Hispanic neighborhoods, to sell his product.

type of Hand Ice Shaver used by the Piragüero


What Is The Capital Of Paraguay And Where Is It Located?

The capital city of Paraguay has quite a long name Nuestra Señora Santa María de la Asunción. In short known as Asunción, it is also the largest city in the country. The city is located on the left bank of the Paraguay River. More precisely, Asunción lies near the confluence of the Paraguay River with the River Pilcomayo. The city is separated from Argentina and the Occidental Region of Paraguay by the Bay of Asunción and the Paraguay River in northwest and south. The Central Department of Paraguay surrounds the city in other directions.


Cooking Guinea Pig

Cuy chactadois the deep-fried version of our furry friend. The animal is usually served flattened with the head removed. As there are different versions of this recipe I’ll leave you with one that you can use as a base for experimenting. This is a simple dish so removing the cornmeal, peppers, and cumin from the recipe will not change the overall presentation or taste too much.

Peruvian Guinea Pig recipe

1. Remove the hair and guts from a medium guinea pig. Clean it thoroughly.
2. Dip the cuy in water laced with a good amount of limonada and leave to dry for an hour or two. In Peru, a cook will leave it to dry in the sun (left to hang on a cord or twine). You can also leave the animal to dry in an oven (at low temperatures)
3. Rub salt, pepper, cumin, and garlic (ground) onto the dry skin of the raw animal. The best way to do this is by hand as you can really get the condiments into the skin this way. Brushing or spooning the spices onto the meat will not work nearly as well.
4. Boil water in a saucepan and add cornmeal (50-100g), 2 chopped ají Amarillo peppers, 1/2 cup of vegetable oil, and a couple of chopped garlic cloves. Cook until the peppers become soft.
5. Heat oil in another saucepan. Meanwhile, dip the carcass in cornmeal flour so that it is coated with a thin layer. Using a skewer put the guinea pig into the oil, turning several times to cook the entire animal. Drop some lime juice onto the flesh as you turn it and remove when the entire carcass is a golden color.

Serve the cuy on a large plate and spoon over some of the sauce from step 4. I like this dish served with potatoes or sweet potatoes. Fries or Salsa criolla are typical tasty sides for cuy chactado. A delicious Peruvian sauce called salsa huacatay is often served up with this dish and it complements it very well.

Photo credit: Roast Guinea Pig with potatoes by Pululante, licence: CC BY 2.0

Roast Guinea Pig (Cuy) Peruvian Delicacy

Cuy: Guinea Pig dish from Peru

About Eat Peru

Peruvian foodie. I've been writing about the food of Peru for over 10 years.


Assista o vídeo: EL NUEVO MODO HISTORIA DE FORTNITE PARAGUAS GRATIS (Novembro 2021).