Artigos

Organização, identidade e mudança da paisagem; territorialidade e hagiografia no oeste medieval da Cornualha

Organização, identidade e mudança da paisagem; territorialidade e hagiografia no oeste medieval da Cornualha

Organização, identidade e mudança da paisagem; territorialidade e hagiografia no oeste medieval da Cornualha

Por David Harvey

Pesquisa de paisagem, Vol.25: 2 (2000)

Resumo: A partir da contextualização da pesquisa da paisagem tanto social quanto espacialmente, enfoca-se a necessidade de reconhecer a evolução das ideias de territorialidade e processos de territorialização nos estudos da paisagem. O desenvolvimento da estrutura paroquial no oeste da Cornualha é considerado dentro do contexto de mudança política e transição social. Por meio de um exame detalhado de hagiografias e lendas sagradas relacionadas, o desenvolvimento territorial e organizacional da autoridade eclesiástica é firmemente colocado nas experiências contemporâneas de paisagem, política linguística e relações com um passado específico. A noção de habitus de Bourdieu é usada para explicar como aspectos de continuidade e memória profunda podem ter estado no âmago desses desenvolvimentos organizacionais, que viram forças de mudança enraizadas na natureza conservadora e familiar da escrita hagiográfica.


Assista o vídeo: HISPANIA Reino Visigodo - Documentales (Janeiro 2022).