Artigos

Por que Dante amaldiçoou Francesca da Rimini

Por que Dante amaldiçoou Francesca da Rimini

Por que Dante amaldiçoou Francesca da Rimini

Por Peter Levine

Filosofia e Literatura Vol.23: 2 (1999)

Introdução: A grande maioria dos leitores de Dante considerou Francesca da Rimini uma figura extremamente simpática - uma heroína trágica. No entanto, Dante a amaldiçoou, pronunciando um julgamento moral severo e desafiador. Sua decisão de colocá-la no Inferno é especialmente surpreendente quando consideramos que ela é quase casta em comparação com as outras almas do Círculo da Luxuriosa. Tudo o que ela fez foi se apaixonar por seu cunhado - depois de ser enganada e se casar, se acreditarmos no comentário de Boccaccio - e seu marido a assassinou antes que ela tivesse a chance de se arrepender. Compare Semiramis, a rainha assíria, que legalizou o incesto para justificar sua própria obsessão, ou a Paris da lenda medieval, que atraiu Aquiles para um templo ao arranjar um encontro sexual e depois o matou.

O julgamento de Dante é especialmente surpreendente quando descobrimos que Francesca era uma mulher real, provavelmente uma vítima real de assassinato, e que Dante estava intimamente ligado à sua família. Mais tarde, banido de Florença, ele encontrou abrigo na casa de Guido Novello da Polenta, que era um poeta do amor e sobrinho de Francesca. Dante terminou assim a Divina Comédia na própria casa onde Francesca nasceu, como parte de sua família. No texto, ela é retratada de forma vívida e simpática, como se Dante tivesse ouvido falar muito dela. Ela até pronuncia uma frase que aparece em um dos doces e ingênuos sonetos de amor de Guido Novello. Não podemos ter certeza de quem originalmente escreveu esta frase, mas sua aparência no Divina Comédia sugere uma de duas teorias. Ou Guido admirava tanto o retrato de Dante de sua tia assassinada que citou seu discurso do Inferno, ou então Dante colocou as palavras de Guido na boca de Francesca em homenagem ao amigo.


Assista o vídeo: Dante Inferno: Canto 5 the story of Francesca da Rimini (Dezembro 2021).