Artigos

O legado do 13º Apóstolo: origens das concepções Cristãs Orientais sobre a relação Igreja e Estado

O legado do 13º Apóstolo: origens das concepções Cristãs Orientais sobre a relação Igreja e Estado

O legado do 13º Apóstolo: origens das concepções Cristãs Orientais sobre a relação Igreja e Estado

McGuckin, John A.

St. Vladimir’s Theological Quarterly (2003)

Abstrato

É notável considerar o quanto já foi escrito sobre a noção das primeiras atitudes cristãs e bizantinas em relação à teoria política, baseando-se no conceito singularmente inútil de cesaropapismo. Não ilumina nada, exceto o ponto de vista do usuário. Era, na origem, um termo depreciativo, comparável em sua intenção ao uso desdenhoso do Bizantinismo para significar tudo o que era corrupto e tortuoso. Esta apologética gibonesca fanática, tão amada pelos teóricos protestantes e católicos em suas críticas mutuamente conflitantes da teologia política cristã oriental, já deveria ter caído em desuso, embora uma quantidade surpreendente de autores ainda tenha continuado a usá-la bem na era moderna; aparentemente inconsciente do “animus” teológico que deu origem à palavra, e ainda mais do fato de que é irremediavelmente anacrônico.


Assista o vídeo: The Spiritual Heritage of Bulgaria (Dezembro 2021).