Artigos

Vilificação da identidade e a narrativa exílica: a história ilustrada do flautista

Vilificação da identidade e a narrativa exílica: a história ilustrada do flautista

Vilificação da identidade e a narrativa exílica: a história ilustrada do flautista

Carlson, Jane C. (Rutgers University)

Journal of Visual Literacy, Vol. 17: 2 (1997)

Abstrato

Durante a vida da espécie e no decorrer de biografias individuais, os seres humanos constroem mundos de significado bem definidos pelos quais organizam e interpretam a experiência. Talvez não haja maior demonstração desse processo de construção do mundo do que aquele realizado por meio da atividade verbal e visual de contar histórias.

Este artigo traça os passos visíveis de uma história em particular, "O flautista de Hamelin". Primeiro, ele apresenta as origens de seus símbolos dominantes na cultura visual da comunidade onde é contado inicialmente. Em segundo lugar, mostra como contos folclóricos ilustrados como este permanecem um aspecto significativo do que é chamado de socialização visual das crianças. Histórica e transculturalmente, as normas de significado e os grupos de significado visual usados ​​para dar sentido à experiência humana são transmitidas às crianças dessa maneira, à medida que elas iniciam seu próprio processo de mundo.


Assista o vídeo: O que é órgão emissor da identidade? É a SSP que emite.. (Dezembro 2021).