Conferências

Processus iudiciarius secundum stilum Pragensem: seus manuscritos e edição

Processus iudiciarius secundum stilum Pragensem: seus manuscritos e edição

XIV: Décimo Quarto Congresso Internacional de Direito Canônico Medieval

5 a 11 de agosto de 2012 (Toronto, Canadá)

Processus iudiciarius secundum stilum Pragensem: seus manuscritos e edição

Budský, Dominik

Abstrato

O autor deste estudo fala sobre o tema do direito processual canônico em Praga na virada do século XIV para o século XV. Há o tratado Processus iudiciarius secundum stilum Pragensem escrito pelo vigário geral do arcebispo de Praga Nicolaus Puchnik na segunda metade do século XIV. O objetivo principal do artigo é uma análise paleográfica, codicológica e de conteúdo de todos os manuscritos preservados (13 peças) de Processus e fazer um diagrama de filiação. Uma grande preocupação está voltada para as diferenças de nomes pessoais e geográficos em manuscritos, que são muito importantes para fornecer análises de origem e filiação. Todos esses nomes e datas são destacados porque o autor os considera muito importantes para a determinação da proveniência. São apresentados dois diagramas de filiação. O contém um gráfico com a ordem cronológica de todos os manuscritos.

Este artigo se concentrou em um tratado escrito no final do século XIV. Praga por Nicolaus Puchnik (Mikuláš Puchník d.1402) o Arcebispo de Praga e discutiu seus manuscritos e o contexto biográfico da obra. Cópias dos manuscritos foram distribuídas para um exame mais detalhado enquanto Budsky explicava alguns dos detalhes, escrita, localização e datação das obras. Por exemplo, no manuscrito de Wrocław, o texto é estruturado em duas colunas com notas e glosas e títulos de cartas. O manuscrito 677 era o texto mais antigo e foi concluído em Praga em 1390. Havia um grupo de manuscritos da Polônia. (1400, 1467, 1453) e na Áustria, e um da República Tcheca. O manuscrito Leipzig 922 - alemão, a escrita é quase caligráfica. Há uma datação fragmentária do manuscrito. O Munich 152 é o segundo manuscrito de Munique por volta de 1431/1432 e criado por um escriba da Transilvânia.

Isso pode ser interessante - Budský também escreveu um artigo em tcheco que estuda as carreiras de determinados Capítulos Metropolitanos dos cânones de Praga e suas relações com os tribunais de potentados seculares e eclesiásticos. (Para não falantes de tcheco, ele teria que ser executado através do “Google Translate”). Tem o título:Capítulo Metropolitano da Justiça de Praga como um Pequeno Capítulo de Carreira e relações no meio ambiente nos anos 1378-1390.