Podcasts

The Lost Foot - Um conto medieval da Gesta Romanorum

The Lost Foot - Um conto medieval da Gesta Romanorum

O Gesta Romanorum foi escrito na virada do século 14 - esta coleção de anedotas e contos foi uma das obras mais populares de sua época. É chamado Feitos dos romanos porque parte de seu material vem de histórias e lendas gregas e romanas, mas essas eram essencialmente histórias curtas destinadas a dar lições morais. Aqui está um conto desta coleção:

O pé perdido

Um certo cavaleiro tirânico e cruel manteve para seu serviço um servo muito fiel. Um dia, quando ele estava no mercado, ele voltou com este servo através de um bosque; e com isso perdeu trinta marcos de prata. Assim que descobriu a perda, ele questionou seu servo sobre isso. O homem negou solenemente todo conhecimento do assunto e falou a verdade. Mas quando o dinheiro não foi encontrado, o cavaleiro cortou o pé do servo e, deixando-o no local, voltou para casa. Um eremita, ouvindo os gemidos e gritos do homem, foi rapidamente em seu socorro. Ele o confessou e, estando satisfeito de sua inocência, conduziu-o sobre os ombros até seu eremitério.

Entrando então no oratório, ousou censurar a Deus por falta de justiça, visto que havia permitido que um homem inocente perdesse o pé.

Por um longo tempo ele continuou em lágrimas, orações e reprovações; até que finalmente um anjo do Senhor apareceu a ele e disse: "Não lestes nos Salmos‘ Deus é um juiz justo, forte e paciente ’?”

“Freqüentemente”, respondeu humildemente o eremita, “li e acreditei de coração; mas hoje eu errei. Aquele homem infeliz, cujo pé foi cortado, talvez sob o véu da confissão, me enganou.

“Não sobrecarregue o Senhor com injustiça”, disse o anjo. “Seu caminho é a verdade e seus julgamentos eqüitativos. Lembre-se de quantas vezes aqueles leram: "Os decretos de Deus são insondáveis." Saiba que aquele que pisou no chão, o perdeu por um crime anterior. Com o mesmo pé, ele rejeitou maliciosamente sua mãe, e tirou-a de uma carruagem - para a qual a condenação eterna o alcançou. O cavaleiro, tem mestre, estava desejoso de comprar um cavalo de guerra, para coletar mais riqueza, para a destruição de sua alma; e, portanto, pela justa sentença de Deus, o dinheiro que ele havia providenciado para a compra foi perdido. Agora ouça; há um homem muito pobre com sua esposa e filhos que suplicam diariamente ao céu e realizam todos os exercícios religiosos. Ele encontrou o dinheiro, quando de outra forma teria morrido de fome, e com isso comprou para si e para sua família o necessário para a vida, confiando uma parte ao seu confessor para distribuir aos pobres. Mas primeiro ele se esforçou diligentemente para descobrir o dono certo. Não conseguindo isso, o pobre homem aplicou-o ao seu uso adequado. Coloque então um freio sobre seus pensamentos; e não censure mais o justo Disposer de todas as coisas, como fizeste recentemente. Pois ele é justo, forte e paciente. ”

Esta história, e outras da Gesta Romanorum, podem ser encontradas em Mediæval Tales, traduzido por Henry Morley (Londres, 1886). Você pode ler o livro inteiro em Archive.org:

Imagem superior: Foto de StarMama / Flickr


Assista o vídeo: Os 5 melhores livros de fantasia medieval. Recomenda aí (Janeiro 2022).