Podcasts

Chamada de trabalhos: Conferência anual da International Society of Medievalism

Chamada de trabalhos: Conferência anual da International Society of Medievalism

A próxima conferência anual do Sociedade Internacional de Medievalismo acontecerá na Universidade de Bamberg e está programado para acontecer 18-20 de julho de 2016. Será organizado pela Sociedade em colaboração com as cadeiras de Estudos Medievais Alemães, Estudos Literários Ingleses e o Centro de Estudos Medievais (ZEMAS).

A recepção de temas europeus da Idade Média desempenha um papel significativo não apenas na própria Europa, mas também na América do Norte. Uma olhada no respectivo mercado de livros e filmes revela a popularidade inabalável dos contos arturianos e dos Nibelungos, bem como de outras narrativas. As fronteiras nacionais não parecem (ou dificilmente) desempenhar um papel, embora muitas dessas 'histórias' estejam intimamente ligadas a certas regiões - próximo à mencionada, pode-se chamar Robin Hood e, neste contexto, também Ricardo Coração de Leão, Merlin do Contos arturianos, bem como Jeanne d'Arc e, recentemente, também mitologização histórica dos celtas e dos vikings. Evidentemente, muitas dessas histórias, pessoas e eventos medievais pertencem a uma "memória cultural" (europeia-ocidental), naturalmente remontando muito. Seguindo a discussão em torno da 'cultura da lembrança', intensamente conduzida no final do século 20 e principalmente em relação aos eventos durante o regime nacional-socialista, o foco será deslocado, longe do surgimento da cultura coletiva da lembrança dentro de algumas gerações, em direção a acontecimentos e contos centenários, que se tornaram parte da cultura (respectivamente contemporânea) e (na forma da recepção produzida, mas também possivelmente por funções identitárias), geram cultura, por recepção contínua e por transmissão. Em contraste com os eventos históricos mais recentes, (mais ou menos) tangíveis, o passado de várias centenas de anos atrás fornece - de acordo com uma teoria - um 'potencial para mitologizar' (mito concebido como a narração de pessoas ou eventos [de um ' era pré-histórica '], retratando experiências antropológicas gerais e servindo como uma (n) orientação [religiosa, espiritual ou sócio-política] no mundo). Ao mesmo tempo, a Idade Média européia lançou as bases para a era moderna na Europa do Norte e Ocidental e, portanto, também na América do Norte, e pode, portanto, também ser estilizada como o "período de fundação" do mundo europeu - apesar ou talvez precisamente por causa do aumento das tendências para o nacionalismo nos últimos tempos.

À luz disso, fenômenos recentes e atuais da recepção da Idade Média e do medievalismo em seus respectivos contextos nacionais, sociais, culturais ou também políticos serão examinados durante esta conferência internacional; um dos aspectos centrais é a análise da adaptação e instrumentalização (política e comercial) dos "mitos" medievais europeus na esfera anglo-americana, questionando o papel e a função "do" desempenho da Idade Média europeia, por ex. para o ‘novo mundo’ hoje e no passado. As áreas de tópico e pontos de partida possíveis são:

- Quais tópicos são recebidos em quais contextos nacionais?

- De que forma os tópicos medievais são instrumentalizados para fins políticos?

- Qual é o papel dos tópicos medievais para a autoconcepção cultural de uma 'nação'?

- Existem tendências para mitologizações?

- Qual é o papel da comercialização e por que os tópicos medievais são tão úteis nesse sentido?

Os organizadores da conferência aguardam sua breve proposta até 15 de março de 2016. Por favor, envie seus resumos para a Profa. Dra. Ingrid Bennewitz ([email protegido]).

Prof. Ingrid Bennewitz
Prof. Christoph Houswitschka
Martin Fischer, M.A.


Assista o vídeo: EEG Electroencefalografía CID 10 F 44 3 Mapa cerebral en casos de obsesión espiritual (Outubro 2021).