Podcasts

Novos livros medievais: Hocus pocus

Novos livros medievais: Hocus pocus


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Adicionamos um pouco de magia à lista desta semana de novos livros sobre a Idade Média.

Hazards of the Dark Arts: Conselhos para Príncipes Medievais sobre Feitiçaria e Magia

Traduzido por Richard Kieckhefer

Penn State University Press
ISBN: 978-0-271-07840-3

Este volume compreende traduções para o inglês de dois textos fundamentalmente importantes sobre magia e bruxaria no século XV: a de Johannes Hartlieb Livro de todas as artes proibidas e de Ulrich Molitoris Sobre bruxas e pitonisas.

Trecho de Johannes Hartlieb's Livro de todas as artes proibidasCapítulo 31: Voo pelo ar

Nessa arte perversa e miserável da nigramancia há uma forma de tolice que as pessoas praticam com seus truques de feitiçaria. Os cavalos entram em uma casa velha e, se alguém quiser, pode montá-los e cavalgar milhas em pouco tempo. Quando ele quer desmontar, ele se agarra à noiva e, para montar novamente, sacode o freio e o cavalo retorna. O cavalo é realmente um demônio. Para tal feitiçaria, é necessário o sangue de um morcego; usando-o, a pessoa deve se dedicar ao Diabo com palavras secretas, como "debra ebra". Essa prática é amplamente conhecida entre os príncipes. Sua graça principesca deve evitá-lo, pois seria realmente uma pena se sua mente elevada fosse envolvida e desencaminhada por tal operação.

Medievalismo, política e mídia de massa: apropriando-se da Idade Média no século XXI

Por Andrew B.R. Elliott

D.S.Brewer
ISBN: 9781843844631

Trecho: Minha principal preocupação ao escrever este livro não foi descartar ou repreender imprecisões em nossa compreensão desses conceitos medievais, não reclamar de sua reutilização em um contexto não projetado para conter seus significados múltiplos, variados e complexos. Em vez disso, o foco principal é examinar como e por que ideias, eventos, fatos e conceitos que surgiram ou prevaleceram durante a Idade Média foram reutilizados nas mídias sociais e de massa modernas, por que ainda são úteis para nós e para que propósito são usados. Assim, argumento, as maneiras como a Idade Média é usada na retórica política moderna podem ser de interesse para historiadores acadêmicos, onde muitas vezes sustentam as maneiras como entendemos nosso mundo e nossa interação com os outros nele.

Os Templários e suas Fontes

Editado por Karl Borchardt, Karoline Döring, Philippe Josserand e Helen J Nicholson

Routledge
ISBN: 9781138201903

Vinte papéis estão incluídos neste livro: Benjamin Z. Kedar, ‘Vestiges of Templar Presence in the Aqsa Mosque’; Jochen Burgtorf, ‘Os Templários e os Reis de Jerusalém’; Anthony Luttrell, ‘The Templars’ Archives in Syria and Cyprus ’; Karl Borchardt, ‘Cartas dos Templários e Cartas dos Templários: Autopromoção versus a Imagem da Ordem’; Michael J. Peixoto, ‘Copies and Cartularies: Modernizing Templar Documents in Mid-Thirteenth Century Champagne’; Damien Carraz, ‘Private Charters and other Family Documents in the Templar Archives: Commanderies in Southern France’; Philippe Josserand, ‘Editando Cartas dos Templários na Península Ibérica no Início do Século XXI’; Kristjan Toomaspoeg, ‘O Marquês de Albon, Carl Erdmann e as Fontes Templárias em Portugal’; Alan Forey, ‘The Office of Master deça mer in Military Orders’; Christian Vogel, ‘Die Prokuratoren der Templer: Diplomatische und rechtliche Aspekte ihrer Einsetzung und ihrer Aufgaben’; John France, ‘Templar Tactics: The Order on the Battlefield’; Alain Demurger, ‘Les ordres religieux-militaires et l’argent: sources et pratiques’; Simonetta Cerrini, ‘Les Templiers et le progressif évanouissement de leur règle’; Jochen Schenk, ‘The Documentary Evidence for Templar Religion’; Arno Mentzel-Reuters, ‘Gab es eine Spiritualität der Templer?’; Helen J. Nicholson e Philip Slavin, ‘“ The Real Da Vinci Code ”: The Accounts of Templars’ Estates in England and Wales during the Order of the Order ’; Francesco Tommasi, ‘Fratres quondam Templi: Per i Templari in Italia dopo il concilio di Vienne e il destino di Pietro da Bologna’; Elena Bellomo, ‘Notaries in Inquisitorial Trials: The Evidence from the Templars’ Inquiry in North Italy ’; Karlheinz Dietz, ‘Die Templer und das Turiner Grabtuch’; e John Walker, ‘Sources for the Templar Myth’

Cajados (mágicos) na Era Viking

Por Leszek Gardela

Verlag Fassbaender
ISBN: 978-3-902575-77-7

Cajados são algumas das ferramentas rituais mais antigas da história humana, servindo como importantes atributos de deuses e seres sobrenaturais. Criados a partir de materiais específicos, dotados de qualidades sobrenaturais através das palavras e gestos que seus portadores empregavam, eram objetos poderosos com uma infinidade de aplicações.

Este livro investiga a ideia de cajados (mágicos) nas visões de mundo dos escandinavos da Era Viking e discute seus significados usando literatura e arqueologia. Com base em um estudo abrangente de textos nórdicos antigos e evidências arqueológicas até então desconhecidas, ele fornece uma história desses objetos e revela suas várias formas, objetivos e simbolismo.

Os antigos poemas ingleses completos

Traduzido por Craig Williamson

University of Pennsylvania Press
ISBN 9780812248470

Da canção enigmática de uma cebola podre que se move entre a cozinha e o quarto ao emocionante relato da batalha de Beowulf com um dragão que acumula tesouros, do lamento dilacerante de um náufrago solitário ao discurso corporificado da cruz sobre a qual Cristo foi crucificado , da ansiedade de Eva, que carrega "um segredo suntuoso em suas mãos / E uma verdade tentadora escondida em seu coração", à confiança de Noé que constrói "um flutuador do mar, uma onda / casa no oceano com quartos para todas as criaturas ”, o mundo dos poetas anglo-saxões é um lugar de aspereza, beleza e admiração. Agora, pela primeira vez, todo o corpus poético do inglês antigo - incluindo poemas e fragmentos descobertos apenas nos últimos cinquenta anos - é convertido em versos aliterativos de ênfase forte moderna em uma tradução magistral de Craig Williamson neste livro de 1248 páginas.

Trecho: de O Poema Rúnico

C é para Cen, uma tocha de chamas,
Uma labareda de brilho, um ramo de fogo.
Esta criatura ilumina o salão dos heróis
Onde os príncipes descansam em seu calor bem-vindo.


Assista o vídeo: I Hand Made Medieval Shoes!- Historical Shoemaking (Junho 2022).


Comentários:

  1. Emmett

    Should you tell.

  2. Jomei

    Eu provavelmente simplesmente não vou dizer nada

  3. Gardazragore

    Na minha opinião, você está errado. Tenho certeza. Vamos discutir. Envie -me um email para PM, vamos conversar.

  4. Dogor

    I agree, your thought is just great

  5. Scottas

    É a condicionalidade usual



Escreve uma mensagem