Podcasts

A runa Viking revela medo de uma catástrofe climática, descobrem estudiosos

A runa Viking revela medo de uma catástrofe climática, descobrem estudiosos

Várias passagens na pedra Rök - o monumento rúnico da Era Viking mais famoso do mundo - sugerem que a inscrição é sobre batalhas e, por mais de cem anos, os pesquisadores vêm tentando conectar a inscrição com feitos heróicos na guerra. Agora, graças a um projeto de pesquisa interdisciplinar, uma nova interpretação sugere que a inscrição lida com um tipo totalmente diferente de batalha: o conflito entre a luz e as trevas, o calor e o frio, a vida e a morte.

A pedra rúnica Rök, erguida em Östergötland por volta de 800 CE, é a pedra rúnica mais famosa do mundo da Era Viking, mas também provou ser uma das mais difíceis de interpretar. Esta nova interpretação é baseada em uma colaboração entre pesquisadores de várias disciplinas e universidades.

“A chave para desbloquear a inscrição foi a abordagem interdisciplinar. Sem essas colaborações entre análise textual, arqueologia, história das religiões e runologia, teria sido impossível resolver os enigmas da pedra rúnica de Rök ”, diz Per Holmberg, professor de sueco na Universidade de Gotemburgo, que liderou o estudo.

O estudo é baseado em novas pesquisas arqueológicas que descrevem como a Escandinávia sofreu de uma catástrofe climática anterior com temperaturas médias mais baixas, quebras de safra, fome e extinções em massa. Bo Gräslund, professor de Arqueologia da Universidade de Uppsala, aponta várias razões pelas quais as pessoas podem ter temido uma nova catástrofe desse tipo:

“Antes da pedra rúnica Rök ser erguida, uma série de eventos ocorreram que devem ter parecido extremamente ameaçadores: uma poderosa tempestade solar coloriu o céu em dramáticos tons de vermelho, a safra sofreu com um verão extremamente frio e, posteriormente, um eclipse solar ocorreu logo após nascer do sol. Mesmo um desses eventos teria sido suficiente para aumentar o medo de outro Fimbulwinter. ”

De acordo com a nova interpretação dos pesquisadores publicada em Futhark: International Journal of Runic Studies, a inscrição consiste em nove enigmas. A resposta para cinco desses enigmas é “o Sol”. Um é um enigma que pergunta quem estava morto, mas agora vive de novo. Os quatro enigmas restantes são sobre Odin e seus guerreiros.

Parte do texto da runa de Rök:

Em segundo lugar, digamos isto, quem, nove gerações atrás, perdeu a vida para o Oriente, mas ainda governa? O corajoso guerreiro, o chefe dos homens, cavalgou no horizonte para o leste. Agora está sentado, o principal dos famosos, equipado em seu cavalo com o escudo preparado.

A resposta: The Sun - tradução de Per Holmberg, Henrik Williams, Bo Gräslund e Olof Sundqvist

“A poderosa elite da Era Viking se via como fiadora de boas colheitas”, explica Olof Sundqvist, professor de História das Religiões na Universidade de Estocolmo. “Eles eram os líderes do culto que mantinha o frágil equilíbrio entre a luz e as trevas. E, finalmente, em Ragnarök, eles lutariam ao lado de Odin na batalha final pela luz. ”

De acordo com os pesquisadores, vários pontos da inscrição têm paralelos claros com outros textos em nórdico antigo que ninguém havia notado anteriormente. “Para mim, é quase como descobrir uma nova fonte literária da Era Viking. A resposta da Suécia à Poética Edda islandesa! ” diz Henrik Williams, professor de Línguas Escandinavas com especialização em Runologia na Universidade de Uppsala.

.

Imagem superior: runas Rök. Foto de Helge Andersson


Assista o vídeo: How to make an easy paracord keychain with little paracord (Janeiro 2022).