Podcasts

Manuscritos medievais: um passeio por Constantinopla, Bagdá e Alepo do século 16

Manuscritos medievais: um passeio por Constantinopla, Bagdá e Alepo do século 16

No verão de 1534, as tropas do sultão Suleiman, o Magnífico, deixaram Constantinopla para conquistar Bagdá, Tabriz e Aleppo. O pintor Matrakçı Nasuh retratou sua jornada de dois anos nos mínimos detalhes. Você quer ver o Oriente Médio com os olhos de um iluminador? Confira os mapas interativos!

As tropas do sultão Suleiman passaram por 261 postos de teste, caminhando por desertos, rios turbulentos e cidades fortificadas. Cada lugar tinha o seu encanto: Aleppo parecia “uma pérola branca a estender-se para o céu”, com a sua parede de tijolo em forma de tartaruga que conduzia ao centro da cidade, onde o ar fresco se misturava com o cheiro a limões e laranjas amargas.

Constantinopla / Istambul, o ponto de partida, estava repleta de arte e monumentos, alguns dos quais infelizmente não sobreviveram, como a Igreja Güngörmez, um edifício de tijolos vermelhos perto da mesquita de Hagia Sophia.

Se você quiser descobrir como era Istambul no século 16 e dar um passeio virtual pelas cidades varridas pelo vento de Bagdá, Tabriz e Aleppo, tudo o que você precisa fazer é seguir nossos mapas interativos:

Quinhentos anos atrás no Oriente Médio

Um passeio em Constantinopla do século 16

Para ler a história completa, veja as postagens do Facsimile Finder: Seguindo os passos de um sultão otomano e Istambul pelos olhos de um miniaturista otomano.

Nossos agradecimentos ao Facsimile Finder por nos ajudar a criar este post. Você pode aprender mais sobre este manuscrito e ver mais imagens porvisitando o site deles.

Verifique também as redes sociais -TwitterInstagram e delesCanal do Youtube, que apresenta dezenas de vídeos sobre manuscritos medievais.


Assista o vídeo: Síria: bombas matam mais de 120 e cortam água em bairros rebeldes de Alepo (Janeiro 2022).